Policial Santo Antônio da Platina

José Artur Ritti preso por ameaças contra ex-mulher

Foto: Divulgação

Da Redação


O ex-deputado estadual, candidato derrotado a prefeito de Santo Antônio da Platina em 2016 e titular do Cartório de Protestos e Tabelionato desta comarca, José Artur Ritti Ricci, foi preso no começo da noite desta sexta-feira (14), em uma chácara localizada às margens da BR-153, por determinação da juíza Ana Paula Becker, da Unidade Regionalizada de Plantão Judiciário da Comarca de Londrina, com base na Lei Maria da Penha, por ameaças de morte e tentativa de agressão contra a ex-esposa, a advogada Leia Fernanda de Souza Ritti Ricci.

O cumprimento da decisão judicial foi realizado por uma equipe composta por policiais civis e militares com base no mandado de prisão 001058618, expedido pela magistrada londrinense.

A ex-mulher de Jose Artur, denunciou o acusado por ameaças de morte, e que teria recebido informações de que o cartorário teria contratado um pistoleiro para matá-la.   

A denunciante relatou ainda que Ritti tentou invadir sua residência, danificando a porta de entrada do imóvel, assinalando que tem recebido constantes ameaças de morte desde que iniciou processo de separação judicial contra o cartorário.

Durante a confusão envolvendo a suposta tentativa de invasão da residência de Leia Ritti, José Artur acusou a ex-mulher de ter roubado certa quantia em dinheiro, o que explicaria sua atitude violenta.

Com ou sem razão, é quase certo que José Artur Ritti deva passar fim de semana trancafiado numa cela especial da cadeia pública de Santo Antônio da Platina.

A reportagem tentou ouvir a defesa do serventuário da justiça, mas até a conclusão desta reportagem, não conseguiu contato.

Deixe um Comentário