Santo Antônio da Platina

Incêndio criminoso destrói 140 mil metros quadrados de vegetação no Morro do Bim

O fogo teve início por volta das 21h de quinta-feira (8) e só foi controlado no início da manhã desta sexta-feira (9)

Secretaria do Meio Ambiente diz que o incêndio queimou apenas capim 
CRÉDITO: Divulgação

Da Redação


Um incêndio criminoso consumiu 140 mil metros quadrados de vegetação no Morro do Bim, em Santo Antônio da Platina. O fogo teve início por volta das 21h de quinta-feira (8) e só foi controlado no início da manhã de sexta-feira (9). 

Por se tratar de um local de difícil acesso aonde veículos não chegam e como o incêndio não ameaçava pessoas ou propriedades, os bombeiros não fizeram combate às chamas, porém, acompanharam a ocorrência do início ao fim. 

Incêndio ambiental consumiu 140 mil metros
quadrados de vegetação
CRÉDITO: Valdir do Foto

Embora o incêndio tenha começado dentro da área do Morro do Bim, a única vegetação afetada foi o capim, não havendo prejuízos ambientais ainda maiores. 

De acordo com o diretor de Meio Ambiente da prefeitura de Santo Antônio da Platina, José Ricardo Arruda, o local recebe os cuidados necessários e medidas preventivas contra incêndios, o que impediu a propagação do fogo para outras áreas.

“Temos aceiros, que são corredores sem nenhuma vegetação justamente para impedir que incêndios avancem, em todo o entorno do Morro do Bim e dentro também.

O problema foi que o incêndio começou dentro da mata, provocado por alguém, porém não sabemos se foi por descuido ou maldade mesmo. O prejuízo ambiental só não foi maior pela existência dos aceiros”, explica. 

“Dos males acabou sendo o menor porque apenas o capim exótico, conhecido como braquiária, foi queimado. O parque e as árvores que nós plantamos não foram atingidos”, conclui o diretor da pasta. 

Incêndio ambiental é crime e quem tiver informações sobre os autores deve entrar em contato com a polícia.

Deixe um Comentário