Bandeirantes

Imagens podem ajudar polícia esclarecer desparecimento de adolescente em Bandeirantes

Maria Eduarda Francisco, de 13 anos, está desaparecida desde quarta-feira (18)

Maria Eduarda foi vista pela última vez na quarta-feira (18), quando saiu de casa para treinar futsal
CRÉDITO: Divulgação

Da Redação com Cléverson Rodrigues – Rádio Cabiúna


Imagens de câmeras de segurança obtidas pela Polícia Civil nesta segunda-feira (23) podem ajudar as equipes de investigação da 39ª Delegacia Regional de Polícia de Bandeirantes a esclarecer o desaparecimento da adolescente Maria Eduarda Francisco, de 13 anos, vista pela última vez na cidade na quarta-feira (18), quando avisou a família que estava saindo de casa para treinar futsal.

A Polícia Civil não revelou detalhes sobre as imagens obtidas no inquérito para não atrapalhar as investigações, mas conforme apurou o radialista Cléverson Rodrigues, da Rádio Cabíuna, o caso pode ser esclarecido a qualquer momento pelos organismos de segurança de Bandeirantes.

De acordo com a família, Maria Eduarda tinha uma rotina normal e não teve conflitos dentro de casa que, talvez, pudessem sugerir o desaparecimento da adolescente. Ela chegou a fazer contato com os pais na semana passada informando que havia viajado para Londrina com uma mulher, mas a mãe suspeita que outra pessoa pode ter se passado pela filha. 

As informações foram repassadas para as polícias Militar e Civil, que iniciaram imediatamente as investigações para localizar a adolescente, que desde então não fez mais contato com a família.

Maria Eduarda, ou ‘Duda’, como é chamada por parentes e amigos, tem 1,58 metros de altura, cabelos castanhos escuros e compridos. Qualquer informação que possa levar a polícia ao paradeiro da adolescente pode ser repassada por meio do telefone 190 ou na Delegacia de Polícia Civil mais próxima. 

Deixe um Comentário