Cambará Economia

Hotel escola do Bourbon será inaugurado em julho

Grupo de hotelaria pretende formar mão de obra para trabalhar em sua rede no país e exterior

Alceu Vezozzo, presidente da Rede de Hotéis Bourbon & Resort definiu para o mês de julho a inauguração de sua mais nova unidade, o Rio By Bourbon Cambará, hotel, que além de sua atividade normal, será a escola onde o empresário pretende formar a mão-de-obra para atuar em sua rede de hotéis espalhada por várias cidades do Brasil e de alguns países do Mercosul, entre os quais Argentina e Paraguai.

As obras de construção estão em fase final compondo-se de um edifício de 10 andares erguido no centro da cidade, com 176 apartamentos, além de salão de eventos, entre outros. A escola de hotelaria formará e treinará os funcionários da Rede Bourbon utilizando também a estrutura de ensino profissionalizante de três instituições criadas pelo grupo em Cambará.

Trata-se do Complexo Escolar Vezozzo onde funcionam as escolas Colégio Estadual Angelina Ricci Vezozzo, Escola Caetano Vezozzo e Escola Profissionalizante Prof. Milton de Faria Ribeiro. É um investimento que se solidificou ao longo dos anos e uma declaração de amor do empresário Alceu Vezozzo  à Cambará, cidade onde nasceu, revela o diretor geral de ensino do Grupo Vezozzo no município, João Antônio Tinelli. Radicado em Londrina há mais de cinco décadas o empresário mantém uma relação de amor com Cambará.

Empreendimento

O cenário envolvendo o projeto não poderia ser mais positivo, conforme revela João Tinelli.  Por decisão de Alceu Vezozzo, a maior parte da mão de obra usada na construção do prédio é de Cambará. Da mesma forma, ele determinou que os materiais usados na obra, foram adquiridos preferencialmente em empresas da cidade. O valor do investimento supera a casa de R$ 10 milhões.

O projeto é magnifico, como revela a foto da perspectiva do que será o empreendimento depois de pronto. O projeto está sendo executado por Álvaro Côrtes, reconhecido arquiteto londrinense. Faz parte do projeto do hotel, obras de readequação e melhoramento na praça Miguel Dinizo, com investimentos suplementares na ordem de R$ 300 mil.

Box 1

Bourbon: uma história de sucesso

Há mais de 50 anos no mercado, o gigante do setor hoteleiro Rede Bourbon Hotéis & Resorts se mantém atrativa e competitiva pela capacidade de se reinventar e incorporar o que há de mais moderno visando o bem-estar e o conforto dos clientes, como revela o jornalista Gabriel Azevedo em reportagem publicada na Gazeta do Povo.

Gabriel conta que a trajetória do grupo Bourbon se assemelha à própria história do Estado do Paraná, uma vez que o nome do grupo surgiu do plantio do café Bourbon no período em que o cultivo dos grãos era um monopólio paranaense, a Rede completou 50 anos em 2013 com motivos para sorrir: no mercado, já era considerada uma das dez maiores redes hoteleiras do país e a maior rede brasileira internacional. Criado em 1963 em Londrina pela família Vezozzo, o grupo segue apostando na prestação de serviços, capital humano e modernização do atendimento – e já dá mostras de que os próximos 50 anos serão ainda melhores.

Box 2

Escola vai formar 750 alunos em 2018

Cabe a João Antônio Tinelli a responsabilidade de gerir os projetos educacionais do Grupo Bourbon através de um instituto que leva o nome da família. Para este ano, segundo o diretor, a previsão é de formar 750 alunos em cursos profissionalizantes, como gastronomia, manicure, pedicure, cabeleireiro, maquiagem, depilação, auxiliar administrativo, operador de computação, auxiliar de informática, menor aprendiz na área de produção e administração, corte e costura e inglês, entre outros.

Em Cambará, Alceu Vezozzo deixa sua marca ao disponibilizar capital humano e recursos através do Instituto Bourbon, no projeto na vila Rotary, que soma uma escola modelo, 80 residências populares, um ginásio de esportes e infraestrutura completa no bairro, como praça pública, entre outros.

Toda essa estrutura funciona numa parceria entre o Instituto Bourbon, a prefeitura de Cambará, Governo do Estado, instituições do Sistema S, como Senai, Senac, Senar e Sesc.

Deixe um Comentário