Ibaiti Policial

Homem executado com tiro na cabeça saiu de casa fazer exames

Célio José de Freitas foi morto com requintes de crueldade; corpo foi encontrado pelo filho

Delegado Pedro Dini aguarda laudo da necropsia para aprofundar as investigações
CRÉDITO: Informe Policial

Luiz Guilherme Bannwart


De acordo com os primeiros depoimentos da família à Polícia Civil, Célio José de Freitas, 55, vítima de um crime brutal ocorrido na madrugada de quinta-feira (17), em Ibaiti, saiu de casa para realizar exames médicos na cidade.

Conforme apurou o Informe Policial, a vítima deixou a propriedade rural onde morava na manhã de quarta-feira (16). Como não retornou para casa, durante a noite sua mulher pediu ao filho para ir até a cidade tentar encontrar o pai. A companheira desconfiava que o carro do marido pudesse ter quebrado na estrada.

Ao se dirigir para Ibaiti, já na madrugada de quinta-feira (17), o rapaz encontrou o carro do pai, um Fiat Uno, parado na estrada rural, próximo a uma porteira no bairro Campeiro. O corpo da vítima estava parcialmente queimado ao lado do veículo, com uma perfuração causada por arma de fogo na cabeça, uma perfuração no olho e os pés acorrentados.

O delegado Pedro Dini Neto, titular da 37ª Delegacia Regional de Polícia de Ibaiti aguarda pelo laudo da necropsia para aprofundar as investigações. A Polícia Civil, no entanto, já sabe que a vítima realizou exames médicos em Ibaiti na quarta-feira (16) e passou em uma oficina mecânica para fazer manutenção em seu veículo.

No início da próxima semana, o delegado pretende ouvir parentes e pessoas que estiveram com a vítima no dia do crime.

Deixe um Comentário