Policial Santana do Itararé

Homem desaparecido há dois dias é encontrado morto em ribeirão

Anaildo Andrade dos Santos deixou a casa da namorada na madrugada de domingo, 3, e desde então era procurado por parentes

Anaildo dos Santos estava desaparecido desde a madrugada de domingo (3)
CRÉDITO: Arquivo da família

Luiz Guilherme Bannwart


O corpo de Anaildo dos Santos foi encontrado na manhã desta terça-feira (5), em um ribeirão que corta a cidade
CRÉDITO: Divulgação / Corpo de Bombeiros

O corpo de Anaildo Andrade dos Santos, 29, conhecido por ‘Tico’, dado como desaparecido desde a madrugada de domingo, 3, quando deixou a casa de sua namorada, em Santana do Itararé (no Norte Pioneiro paranaense), foi encontrado na manhã desta terça-feira, 5, em um ribeirão no perímetro urbano do município.

O corpo foi localizado por um funcionário de uma serralheria, que acionou os organismos de segurança para fazer o recolhimento ao Instituto Médico-Legal (IML) de Jacarezinho.

Segundo a família, Santos era dependente alcoólico e havia deixado a casa de sua namorada – identificada como Jéssica Maria Aguiar de Oliveira, por volta das 4 horas de domingo (3). Bastante transtornado, ele seguiu a pé pela rua Luiz Koproski e não foi mais visto.

As circunstâncias da morte de Anaildo Andrade dos Santos ainda são desconhecidas e serão investigadas pela Polícia Civil. Ele morava com a família em São Paulo, onde, segundo parentes, o corpo seria sepultado.

Buscas

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o sucesso na localização de pessoas desaparecidas depende estritamente da comunicação imediata do fato aos organismos de segurança. As buscas por Anaildo Andrade dos Santos mobilizou policiais militares, bombeiros militares e comunitários, agentes da Defesa Civil e até mesmo uma equipe de Busca Aquática e Salvamento com Cães do 3º Grupamento de Bombeiros de Londrina. Porém, os órgãos competentes só foram acionados na tarde de segunda-feira, 4, pela namorada da vítima, fator que reduziu consideravelmente as chances de encontrar com vida a pessoa desaparecida.

“O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar oferecem diversos mecanismos de buscas a pessoas desaparecidas, mas para isso é preciso comunicar as unidades policiais mais próximas o quanto antes possível. Em se tratando de vida, o tempo de ação das equipes de resgate é crucial para o sucesso do salvamento”, orienta o sargento Luiz Carlos Souza do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina.

Final feliz

No início de janeiro deste ano, uma história parecida com a de Anaildo Andrade dos Santos teve um final feliz. Valdemir de Oliveira Mendes, 46, que estava desaparecido havia cinco dias foi encontrado vivo em uma mata na área rural de Santo Antônio da Platina. Bastante debilitado, ele estava em estado de choque, com hipotermia, escoriações pelo corpo, queimaduras provocadas pelo sol e inúmeras picadas de insetos. A família também demorou a comunicar o desaparecimento do parente – dependente químico – aos bombeiros, mas felizmente a vítima foi encontrada viva e se recupera bem.

Deixe um Comentário