Siqueira Campos

Governo restaura PR-092 e licita duplicação em Siqueira Campos

Secretário Sandro Alex critica propaganda enganosa e falta de projetos em gestões anteriores

Trecho urbano da PR-092 em Siqueira Campos será duplicado
CRÉDITO: Google

Da Redação


O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, deputado federal licenciado Sandro Alex anunciou no último fim de semana, em Jacarezinho, durante o encerramento da 10ª Ficafé, que o governo estadual está realizando investimentos emergenciais na recuperação da PR-092, uma das mais importantes rodovias estaduais e que vem sofrendo degradação nos últimos anos por falta de manutenção.

Ele informou que a estrada está incluída nos mais de quatro mil quilômetros de rodovias incluídas no “Anel de Integração”, que serão licitadas pelo governo federal com vistas à sua duplicação. Mas, em virtude de seu estado precário, o Governo do Estado iniciou sua recuperação a partir de Jaguariaíva, numa extensão de mais de 150 quilômetros até Santo Antônio da Platina.

“Há vários governos se fala em duplicação desta estrada, construída na década de 1970, quando o tráfego assemelhava-se às estradas vicinais atuais. Porém, sequer elaboraram projetos neste sentido”, criticou, classificando a atitude de governos passados como propaganda enganosa.

Sandro Alex informa que o governo estadual vem realizando a restauração total da pista de rolamento, adequando-a ao tráfego pesado da estrada. Atualmente as obras estão nas imediações do perímetro urbano de Wenceslau Braz.

Paralelamente o governo vai realizar a construção de terceiras pistas no que for possível antes da realização da licitação para a privatização da rodovia, de forma a amenizar o tráfego pesado na extensão de 150 quilômetros entre Santo Antônio da Platina e Jaguariaíva.

Duplicação

Segundo o secretário, está prevista para até o fim deste mês de outubro a realização da licitação para a duplicação do trecho urbano da PR-092 que passa pela cidade de Siqueira Campos, numa extensão de pouco mais de dois quilômetros. Esta obra vai solucionar um grave problema de estrangulamento do tráfego neste trecho urbano onde estão instaladas as unidades industriais da Pro Tork, empresa que emprega mais de dois mil funcionários e é considerada um dos maiores fabricantes de peças para motos da América Latina.

Deixe um Comentário