Economia

Governo investiu R$ 166 milhões em distribuição de merendas

Agência de Notícias


Escolas estaduais de todo o Paraná se preparam para a 15º edição da entrega de merenda nesta sexta-feira (09). A distribuição é feita para as famílias dos 231 mil alunos beneficiários do Bolsa Família.

Segundo dados do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), órgão responsável pela preparação e distribuição dos kits, até agora já foram investidos R$ 166 milhões.

Desde que o programa começou em março, já foram distribuídos 36 milhões de quilos de alimentos para as famílias. As entregas alternam a distribuição principal entre produtos secos (como alimentos não perecíveis) e de agricultura familiar, que consiste em verduras, legumes e ovos.

Cada escola recebe uma porção de alimento correspondente ao número de alunos matriculados. A diretoria da escola tem autonomia para preparar os kits e distribuí-los conforme a demanda da comunidade.

DECRETO – A distribuição dos kits foi regulamentada pelo Decreto nº 4.316/2020, do Governo do Paraná, e pela Resolução nº 901/2020, da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, e é feita quinzenalmente em todas as escolas estaduais.

Os kits são montados com os alimentos que seriam utilizados para a produção da merenda dos alunos da rede, e estão sendo destinados para as famílias em situação de maior vulnerabilidade neste momento.

MATERIAL IMPRESSO – Em paralelo à entrega dos kits, acontece também a distribuição de materiais impressos pelas escolas. São entregues aos alunos com alguma dificuldade de acesso ao aplicativo Aula Paraná, YouTube, Google Classroom ou que, em alguns casos, não têm acesso às aulas transmitidas pela TV aberta.

“Aproveitamos a data da entrega das merendas para também atender aos alunos que estão retirando material impresso. Entregamos a eles os conteúdos, tiramos dúvidas e, quando necessário, fazemos correções de alguns exercícios”, explica a diretora do Colégio Estadual Yvone Pimentel, em Curitiba, Maira Hara.

Toda esta ação é parte de um dos pilares que a Secretaria da Educação está se baseando para levar educação às alunas e alunos durante o período de pandemia, segundo Renato Feder, secretário estadual da Educação e do Esporte. “Atuamos por meio de cinco bases: TV aberta, YouTube, Aplicativo Aula Paraná, Google Classroom e material impresso”, afirma.

Deixe um Comentário