Eventos Jacarezinho

Ficafé projeta cafeicultura do Norte Pioneiro para o mundo

Expectativa é de promover o crescimento de negócios dos produtores de um café que já é reconhecido internacionalmente

12ª edição da Ficafé teve início nesta quarta-feira (2), em Jacarezinho
CRÉDITO: Lucas Aleixo

Lucas Aleixo – Assessoria ACCENP


Aproximar cafeicultores e consumidores aproveitando a qualidade mundialmente reconhecida do café do Norte Pioneiro. Com essa mentalidade de vitrine e oportunidades de negócios e crescimento, começou nesta quarta-feira (2), a 12ª edição da Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Ficafé). Com programação até sexta, o evento acontece mais uma vez no Parque de Exposições de Jacarezinho. 

Para esta edição são esperados mais de 3,5 mil visitantes durante os três dias do evento, que serão recebidos em uma estrutura organizada nos mínimos detalhes para oferecer conforto, mas principalmente boas oportunidades em todos os aspectos para cafeicultores e consumidores. 

São 60 expositores, 120 horas de conteúdos entre oficinas e workshops, cinco estados representados e a expectativa de alavancar ainda mais o nome do café produzido no Norte Pioneiro, que tem crescido em qualidade e, hoje, graças a um forte trabalho de associativismo, é referência entre cafeicultores do mundo todo.

Odemir Capello, consultor e gestor do projeto Cafés Especiais do Sebrae/PR, diz que a Ficafé e outras ações, como o trabalho de preparação para conquista de certificações, aumento da produtividade, incentivo à qualidade do produto e a formação de lotes de cafés diferenciados proporcionam à região visibilidade nacional e até internacional. “O pequeno produtor que trabalha sozinho dificilmente teria recursos e meios para conseguir crescer em larga escala. Por isso, adotamos a estratégia de trabalhar de forma coletiva, com apoio de associações e cooperativas para agregar valor e conquistar benefícios para todos”, explica.

O secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, participou da cerimonia de abertura da feira e elogiou tanto as promoções do evento quanto a qualidade do café produzido na região. “É fundamental o fomento ao produtor, o associativismo, o apoio para que se possa aos produtores do Norte Pioneiro alcançar sucesso na atividade. Devemos manter a valorização do produtor, gerar riqueza diferenciada para nossos produtos e buscar sempre o crescimento e o aprimoramento das técnicas. Hoje o Norte Pioneiro está de parabéns pela realização de um evento deste porte e que siga valorizando os produtores para que a Ficafé continue como um dos eventos mais importantes de café do Paraná”, avalia. 

Luiz Fernando de Andrade Leite, presidente da Associação dos Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Acenpp), também discursou durante a abertura da feira em tom de entusiasmo com a produção e busca por crescimento, assim como o prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo de Faria (DEM), mais uma autoridade e marcar presença e elogiar a iniciativa da realização da Ficafé.

FICAFÉ

A feira costuma atrair produtores de todo o estado, especialmente os do Norte Pioneiro, que buscam absorver conhecimentos e informações, divulgar suas produções e ampliar suas redes de relacionamento. Os participantes da feira terão acesso a experiências, informações e tendências sobre a cafeicultura.

A edição deste ano terá o tradicional Leilão de Cafés Especiais, palestras, workshops, laboratórios de experimentação e degustação. A programação de atividades inclui painéis que debatem a qualidade do café, espaço barista, curso de torra, palestras sobre diversos temas, como o empreendedorismo rural no universo feminino.

A Ficafé 2019 é uma realização do Sebrae/PR, Acenpp, Cooperativa de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (Cocenpp), Indicação de Procedência do Norte Pioneiro do Paraná, com apoio da Prefeitura de Jacarezinho, Governo do Paraná, Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), Instituto Federal do Paraná (IFPR – campus Jacarezinho), Sistema Faep (Senar, Faep e Sindicato Rural), Iapar, IAP, Associação dos Engenheiros e Agrônomos do Norte Pioneiro (AEANP), Adapar, Associação dos Municípios Norte Pioneiro (Amunorpi), Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), CREA-PR, Emater, Cooperativa Integrada, Fecomércio PR, Sesc, Senac e Museu do Café. 

A participação é gratuita. A programação e as atividades podem ser conferidas pelo site www.ficafe.com.br.

Deixe um Comentário