Educação Santo Antônio da Platina

Estudo sobre produção de filme de animação ‘Shrek 2’ foi o tema escolhido para a tese de doutorado

A partir da esquerda: Prof. Dr. Miguel Luiz Contani (Mestrado em Comunicação – UEL), Profa. Dra. Nerynei Meira Carneiro Bellini (Profletras-Uenp), até então doutorando Luiz Dias, Profa. Dra. Edina R. P. Panichi (PPGEL – UEL – Orientadora), Profa. Dra. Fabiane Cristina Altino (PPGEL – UEL) e Profa. Dra. Esther Gomes de Oliveira (PPGEL – UEL)

Por Fábio Galhardi


Santo Antônio da Platina – O professor Luiz Antonio Xavier Dias, de 36 anos, filho do casal Gení Leopoldo e Antônio Xavier Dias, natural de Jacarezinho, concluiu na última segunda-feira, dia 28 de outubro, a graduação superior de Doutorado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Ele escolheu como tema de sua tese de doutorado o filme de animação “Shrek 2”, uma produção norte americana de 2004.

Ele reside há 20 anos em Santo Antônio da Platina e, atualmente, ministra aulas no Colégio Estadual Rio Branco e Escola Estadual Santa Terezinha.
Luiz Dias faz parte do Quadro Próprio do Magistério (QPM) da Secretaria de Estado da Educação (Seed) na área de Língua Portuguesa e atua no Ensino Fundamental II, Médio e Técnico.

Ele iniciou o doutorado em fevereiro de 2016 e encerrou no dia 28 de outubro, sendo três anos e oito meses de duração com muita dedicação nos estudos e pesquisas. O título da tese que defendeu foi: “Animação Digital e Crítica Genética: O processo de criação em Shrek 2 (2004)”.

Segundo ele, a escolha do tema se deu porque sempre teve interesse pela animação digital e pelo trabalho com o cinema. No desenrolar do tema Luiz informou que “fui investigando o processo construtivo da obra Shrek 2, desde os rascunhos ao produto final (o filme). A partir do material documental investigado, fiz diversas triangulações teóricas como a semiótica peirceana, a crítica genética, caracterização de regularidades e instabilidades do gênero”, destacou.

Como o doutorado forma pesquisadores e professores universitários e aborda temas com maior profundidade e complexidade do que o mestrado, Luiz Dias confirmou a dedicação com que teve que conduzir este período de estudos. “Foi um trabalho de bastante fôlego, porque trazer à tona os bastidores da criação de maneira científica ainda é bem desafiador”.

Quanto ao futuro o professor e, agora doutor, disse que não pretende abandonar a docência. “Vou continuar a pesquisa na graduação, mas não abandonar o Magistério e, no futuro, pretendo continuar meus estudos a caminho do pós-doutorado”.
O Doutorado em Estudos da Linguagem da UEL é considerado Capes 5, curso de excelência, numa escala que vai de 1 a 7.

Luiz Dias tem experiência em Ensino Superior em mais de uma década através das Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO), hoje a Unifio – Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos-SP; Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp), em ambas nos cursos de Letras.

É graduado em Letras/Inglês pela Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Jacarezinho (Fafija), atualmente Uenp e é Especialista pelo mesmo Instituto de Ensino Superior (IES). Em 2015 concluiu o Mestrado em Estudos da Linguagem pela UEL e, agora, o Doutorado também pela Universidade Estadual de Londrina.

Deixe um Comentário