Carlópolis

Encontro Internacional debate exportação de hortifruti da região

Enfoque principal é a exploração de potencialidades tendo o associativismo como propulsor de novos negócios

Da Redação Tribuna do Vale


Sob a coordenação do Sebrae-PR, produtores, autoridades e técnicos de vários municípios do Norte Pioneiro debatem, a partir das 8 horas desta quarta-feira (31), no Clube Caravela de Carlópolis, as oportunidades e desafios para indicação geográfica e marcas coletivas, como como base o associativismo.

A abertura do evento será realizada pelo consultor regional do Sebrae-PR, Odemir Vieira Capello, que reúne neste encontro, especialistas em mercado internacional de frutas e legumes, com a presença de dois exportadores de frutas, entre os quais um canadense interessado em abrir as portas de seu país aos produtos da região, principalmente frutas com indicação geográfica.

Segundo Capello, além do Canadá, os produtores do Norte Pioneiro, a partir da criação do mercado comum entre Mercosul e União Europeia, estão de olho nas oportunidades criadas pelo mercado europeu, bastante seletivo e que busca produtos com certificação de origem, caso da goiaba produzida em Carlópolis, o café especial de vários municípios, além da produção de morango, nos municípios de Japira, Jaboti e Pinhalão, que também busca indicação geográfica.

Segundo o representante do Sebrae, Carlópolis, além da goiaba, se destaca na produção de outras frutas como o abacate, lichia, pitaia e atemoia. Ribeirão Claro, por sua vez, além do café especial, disponibiliza uma das melhores e mais reconhecidas estruturas de produção e verduras e legumes com certificação orgânica.

Capello destaca que o desenvolvimento deste potencial econômico beneficia diretamente a cadeia produtiva representada por micro e pequenos produtores rurais. Segundo ele, o fortalecimento deste extrato social precisa, obrigatoriamente, passar pelo associativismo, caso de Carlópolis que já possui uma cooperativa de produtores de frutas, carro chefe da comercialização da produção local.

O ciclo de palestras começa a partir das 9h30, com palestras dos consultores do Sebrae, Odemir Capello e Andrea Claudino, que discorrem sobre associativismo e benefícios da indicação geográfica.

Jorge Luiz de Souza, da Associação Brasileira de Frutas (Abrafrutas) fala sobre oportunidades de exportação; enquanto que Paulo Peres, especialista em mercado mundial, aborda as experiências sobre feiras de frutas; e, Gilberto Pereira, presidente da Border Fred Logística, discorre sobre os mitos sobre logística de exportação. Finalizando o ciclo de palestras, a canadense Etienne Beauregard, da Sambafrueits, vai falar sobre a exportação de hortifrutis para o Canadá.

Deixe um Comentário