Geral Jacarezinho

Em três anos vereadores gastam R$ 730,9 mil em diárias

Campeões em retiradas de diárias para viagens são os vereadores Chiquinho Mecânico e Pastor André 

Da Redação


A Câmara de Vereadores Jacarezinho gastou R$730.900,00 em diárias nos últimos três anos, montante em que se incluem despesas com viagens de membros da Casa e funcionários legislativos, perfazendo uma média de R$ 243,6 mil por ano. O levantamento faz parte do balanço de despesas do Poder Legislativo registrado no Portal da Transparência. Nas contas da própria Câmara, as despesas mensais dos vereadores e funcionários totalizam R$ 20.300,00. 

Os campeões em retirada de diárias, a maioria sob justificativa da participação em cursos, são os vereadores Sidnei Francisquinho, o Chiquinho Mecânico (PHS), R$ 93.550,00 (média de R$ 31.100 por ano – R$ 2.591 por mês) e, André de Souza Melo, o Pastor André (DEM)  R$ 93.100,00 (média de R$ 31 mil por ano – R$ 2.583, por mês).

Polêmica

Recentemente uma campanha desencadeada pelo repórter Claubinho Souza, da Banda B Cambará, causou grande polêmica na comunidade de Jacarezinho ao propor a criação de um “diarômetro” que seria fixado em frente à sede da Câmara de Vereadores, com uma lista dos nomes dos membros do Legislativo que utilizaram diárias, bem como os valores e a destinação dos recursos.

A proposta, no entanto, até agora não foi colocada em prática, mas serviu para que alguns vereadores reduzissem os gastos em supostos cursos fora do município.

O secretário municipal de Comércio e Indústria de Jacarezinho, Homero Pavan Filho, responsável pela gestão do Centro de Eventos onde ocorreu recentemente a Ficafé – Feira Internacional do Café e a Geniuscon, feira de produtos tecnológicos, disse que foi questionado pelo vereador Chiquinho Mecânico sobre o fato da prefeitura ter liberado R$ 25 mil para ajudar na realização da feira tecnológica. “O Chiquinho me disse que os recursos aplicados na Ficafé e Geniuscon são dinheiro jogado fora. Você consegue discriminar quanto gastou cada vereador? A GeniusCon recebeu R$ 25 mil”, ironizou sobre as diárias dos vereadores.

Deixe um Comentário