Editoriais

DIA DOS NETOS

Por Luiz Carlos Amorim*


Chegando o Dia da Criança de novo e a minha filharada está longe, longe, e não é facil fazer a travessia com frequencia. Então passamos o Dia da Criança sozinhos, sem nossas crianças. Mas é a vida, a saudade traz as pessoas queridas para mais perto da gente, os corações dos pais está onde os filhos estão. E as notícias que vêm d´além mar são felizes, muito felizes. No próximo ano eu vou lá e mesmo que não seja dia dos pais, dia das mães ou dia das crianças, será como se fosse.

As filhas se foram, a casa ficou enorme, cheia de saudade.  Xuxu, a nossa Pinscher que quase completou vinte anos de idade também se foi e a casa ficou maior ainda, mas felizmente um barulho de criança permanceceu,  para preencher um pedacinho do dia, um pouco da nossa vida. Falo de Gabriel, o sobrinho que agora tem quatorze anos, mas desde pequeno passou a tarde aqui conosco. A mãe dele trabalha o dia todo, então depois da escola, ele vinha ficar conosco até que a mãe viesse apanhá-lo no final da tarde, à noitinha.

E Gabriel também cresceu e ficou independente, não precisa mais de nós. Então nós vamos, sim, para Portugal, no próximo ano, em janeiro e voltamos em abril. Sabem porquê? Por que nosso neto chega em abril, o neto português de Daniela e Pierre. E neto é filho duas vezes. Então lá vamos nós, de mala e cuia, para paparicar o neto ou neta que chega, que é a criança que falta em nossas vidas.

E, de repente, logo chega também mais um neto, o neto francês de Fernanda e Romain e será felicidade em dobro.

Este será, pois, um Dia da Criança muito feliz para nós todos. Por que um neto ou neta está chegando e voltaremos a comemorar o Dia da Criança. Sim, os netos começaram a chegar. E eles são portadores de uma felicidade incomensurável, só comparável ao período feliz quando nossas filhotas chegaram e cresceram, uma época tão feliz que passou tão rápido.

Se vamos ser mais felizes? Ah, vamos sim, porque todos os dias serão dos netos que chegam, todo dia será dia da criança.

Luiz Carlos Amorim é escritor, editor e revisor – Fundador e presidente do Grupo Literário A ILHA, com 38 anos de trajetória, cadeira 19 na Academia SulBrasileira de Letras. http://lcamorim.blogspot.com.br

Deixe um Comentário