Política

Desvio de dinheiro das escolas públicas: Beto Richa é preso pela terceira vez

Ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), voltou a ser preso no início da manhã desta terça (19). Desta vez, por desvios em obras de escolas no Paraná 

Foto: Joka Madruga/Terra Sem Males

O ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), foi preso na manhã desta terça-feira (19) pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) no âmbito da Operação Quadro Negro.

Segundo o Ministério Público do Paraná, mais de R$ 20 milhões foram desviados de verbas para reformas e construção de escolas públicas estaduais. A Operação aponta que a Construtora Valor recebia recursos sem ter feito as obras equivalentes, cujos numerários eram usados para festas e campanha do ex-governador tucano.

Relembre a Operação Quadro Negro aqui.

É a terceira vez que Richa foi preso por corrupção e propina na Operação Lava Jato (o governador é investigado também pelas operações Anel da Integração, acerca dos pedágios, e Rádio Patrulha).

Além da prisão de Beto Richa, também o empresário Jorge Atherino(suposto laranja da família do ex-governador) e do ex-secretário Ezequias Moreira. Eles ficarão presos preventivamente, isto é, sem prazo determinado.

Com informações de: Portal 247

Deixe um Comentário