Santo Antônio da Platina Wenceslau Braz

DER quer novos redutores, mas não dá prazo para instalação

Trecho da rodovia entre Santo Antônio a Wenceslau Braz tem série de lombadas eletrônicas sem funcionamento

Lombadas eletrônicas e redutores de velocidade na PR-092 estão desligados há mais de um ano
CRÉDITO: Lucas Aleixo/Arquivo

Lucas Aleixo, especial para a Tribuna do Vale


O DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) pretende instalar novos redutores de velocidade na PR-092 em seu trecho de maior movimento no Norte Pioneiro – entre Santo Antônio da Platina e Wenceslau Braz. Entretanto, ainda não há previsão de quando a rodovia ganhará novos radares e novas lombadas eletrônicas, além da manutenção nas antigas, uma vez que o processo licitatório para a aquisição dos aparelhos ainda nem teve início.

A situação dos redutores sem funcionamento foi noticiada pela Tribuna do Vale na semana passada. As lombadas eletrônicas de Quatiguá, Siqueira Campos e Wenceslau Braz estão desde o ano passado sem funcionamento – e ao que tudo indica deverão passar este ano na mesma situação de abandono.

De acordo com a nota enviada pelo DER-PR, o problema acontece em virtude do fim do contrato para manutenção das lombadas eletrônicas em Quatiguá e Siqueira Campos, que se encerrou em 2018. Já em Wenceslau Braz as lombadas eletrônicas foram alvos de vandalismo, o que não é coberto no contrato entre o governo do Estado e a empresa que fez a instalação e dá manutenção nos aparelhos.

O órgão afirma ainda que registrou um Boletim de Ocorrência sobre os atos de vandalismo, mas que por ora não há identificação do autor.

Sobre possíveis novos pontos a receberem lombadas eletrônicas, ainda não há definição, ficando a situação a ser acertada, após diálogos com lideranças da região, mas seguindo os critérios de atender locais que apresentem números significativos de registros de acidentes.

Deixe um Comentário