Santo Antônio da Platina

Criminoso ameaça divulgar fotos íntimas para extorquir vítima

Mulher chegou a fazer empréstimos para evitar que imagens íntimas fossem divulgadas

Delegado Rafael Guimarães alerta sobre o risco em se compartilhar dados pessoais e imagens com desconhecidos – Foto: Antônio de Picolli/Arquivo

Luiz Bannwart com Assessoria


Na tarde da segunda-feira (6), o delegado Rafael Guimarães e os investigadores Tiago Souza e Alberto de Mello deram cumprimento a mandado de busca e apreensão em uma residência no centro de Santo Antônio da Platina, em investigação a um caso de crime de extorsão e divulgação de nudez sem o consentimento da vítima.

Conforme a Polícia Civil, a vítima disse que iniciou um relacionamento com o suspeito nas redes sociais e em seguida enviou imagens íntimas ao homem que passou a extorqui-la. O criminoso passou a exigir dinheiro sob ameaça de que iria divulgar as fotos para amigos da mulher.

Ainda de com as investigações, a vítima chegou a realizar empréstimos para o pagamento da extorsão por duas vezes, e na terceira vez que sofreu a ameaça ela procurou a delegacia para denunciar o caso. Com base nas informações colhidas o delegado representou pela busca e apreensão, a qual foi deferida pelo juiz da comarca.

No endereço os policiais abordaram o suspeito e o conduziram até à delegacia para interrogatório, além de apreender três aparelhos celulares que serão encaminhados para perícia.

O delegado Rafael Guimarães mais uma vez alerta à população para que evitem troca de mensagens e envio de fotos íntimas a pessoas que acabaram de conhecer virtualmente ou sequer conhecem pessoalmente. “Os criminosos criam perfis falsos nas redes sociais com fotos de pessoas atraentes e se aproveitam da carência e boa-fé das vítimas, as quais acabam enviando ‘nudes’ e informações pessoais que serão usadas posteriormente para a prática da extorsão, tornando uma paixão falsa em um verdadeiro pesadelo”, assinala o titular da 38ª Delegacia Regional de Polícia.

Deixe um Comentário