Santo Antônio da Platina

Criança de 8 anos de sofre violência sexual dentro de ônibus da prefeitura

Município já foi alertado pelo Conselho Tutelar da necessidade de monitor nos veículos escolares, mas nada foi feito

Da Redação


A omissão da administração municipal de Santo Antônio da Platina acaba em mais um fato vergonhoso que demonstra o descaso para com o interesse público. Um menino de 8 anos, recentemente, sofreu violência sexual de outro menor de 15 anos, dentro de um ônibus escolar da prefeitura municipal.

Segundo relatos que a reportagem da Tribuna do Vale teve acesso, dentro do ônibus viajavam vários outros menores. O adolescente de 15 anos teria se aproveitado do menino nos fundos do veículo, sem serem notados pelos demais estudantes e o motorista que dirigia o coletivo.

A criança, ao chegar em casa, após retornar da escola, contou o ocorrido aos pais, que procuraram o Conselho Tutelar (CT), que os conduziu à delegacia onde foi lavrado um boletim de ocorrência (BO). As investigações, por envolver menores de idade, correm em sigilo absoluto.

Omissão

No início da noite desta quarta-feira (13), uma integrante do Conselho Tutelar assinalou que este caso e outros problemas como violência entre menores, além de danos provocados por menores e adultos, poderiam ser evitados caso o município atendesse a vários pedidos e alertas do órgão no sentido de colocar em cada veículo municipal de transporte escolar monitores para impedir essas ocorrências.

“A maioria dos ônibus e vans particulares de transporte escolar possuem esses monitores. Não é possível que a administração municipal se omita a respeito”, criticou uma conselheira tutelar, assinalando que é frequente ocorrências de briga, agressões, entre outros problemas envolvendo estudante no interior desses veículos.

Vereador Mineiro

O caso foi denunciado em plenário da Câmara Municipal, na noite da última segunda-feira (11),  pelo vereador José Jaime Mineiro (PSDB), que foi contundente ao acusar o prefeito José da Silva Coelho Neto (PHS), o professor Zezão, de omissão. “Enquanto  o prefeito dorme, curtindo seu polpudo salário, crianças estão sendo abusadas dentro dos ônibus da prefeitura”, disparou.

Em entrevista à Tribuna do Vale o parlamentar reforçou as críticas e acrescentou a observação feita pelo Conselho Tutelar sobre a falta de monitores nos veículos: “O prefeito não contrata monitores para cuidar das crianças que estão nos ônibus do Município, mas não economiza ao encher a prefeitura de cargos de confiança. Uma vergonha!”.

O vereador elogiou o trabalho da secretária de Educação de Santo Antônio da Platina Adriane Cavatoni Vicário, deixando claro que ela pouco ou nada pode fazer, quando não há boa vontade de resolver o problema por parte do chefe do Executivo.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: