Cornélio Procópio Destaque Jacarezinho Paraná

Crea-PR encontra obras públicas concluídas e paralisadas

Fiscalização ocorreu a pedido do Tribunal de Contas do Estado (TCE); 50 obras vistoriadas em todo o Paraná

Da Assessoria


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) concluiu as fiscalizações nas obras públicas em Cornélio Procópio e Jacarezinho, no Norte Pioneiro, que juntas somam R$ 20 milhões. A ação foi realizada em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em todo o Paraná, foram visitadas 50 obras.

Nos seis locais vistoriados nos dois municípios, os técnicos do Conselho encontraram oito edificações: duas reformas e ampliações e seis construções novas, sendo três escolas e três unidades de saúde.

Em Jacarezinho, verificou-se que a Escola Municipal Vera Cecília Lamin, a Escola Municipal Johan Probst e a Unidade Básica de Saúde do Jardim Panorama estavam concluídas. Na Escola do Programa Proinfância, no Bairro Aeroporto, os trabalhos já haviam sido retomados. “Constatamos que a obra está praticamente pronta e deverá ser entregue até o final de dezembro”, aponta o Engenheiro Eletricista e gerente regional do Crea-PR, Edgar Tsuzuki.

Em Cornélio Procópio, os profissionais visitaram a Creche do Jardim Bela Vista, que também já estava concluída e em plena utilização. Já a obra da Unidade de Pronto Atendimento da Vila Santa Terezinha está em fase final, porém não havia trabalhadores no local no dia da visita dos fiscais. No Hospital Regional e na Creche Martha Dequech as obras estão interrompidas. “Segundo a Prefeitura de Cornélio Procópio, uma empresa já foi contratada para a conclusão do hospital, porém, os serviços ainda não foram reiniciados. No caso da creche, a construção está em fase de levantamento de paredes. O município também nos informou que uma nova licitação está em andamento com o objetivo de dar continuidade o mais rápido possível”, detalha Tsuzuki.

A fiscalização do Crea-PR faz parte de um convênio de cooperação técnica firmado desde 2006 com o TCE, com bons resultados para a fiscalização e a melhoria da qualidade das obras públicas executadas no Estado. O gerente regional explica que os municípios são responsáveis pela atualização de um sistema sobre o andamento das obras. Quando o TCE verifica a falta de informações, o Conselho é acionado para constatar se existe incompatibilidade entre os dados e a realidade da obra.  “Independente da parceria,  a função do Crea é verificar o exercício profissional, se existe a presença de um responsável e a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) nas obras visitadas”.

Por meio da parceria entre as duas instituições, o Tribunal de Contas tem acesso ao sistema do Crea e seus técnicos conseguem acessar fotos, coordenadas geográficas e informações para avaliar se o estágio detectado em campo é compatível ao estágio que foi declarado pela administração municipal.

As obras confirmadas como paralisadas pelos fiscais terão prioridade nas auditorias do Plano Anual de Fiscalização (PAF) de 2019 do TCE, executadas pela Coordenadoria de Obras Públicas (COP).

Sobre o Crea-PR

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), criado no ano de 1934, é uma autarquia responsável pela regulamentação e fiscalização dos profissionais e empresas das áreas das engenharias, agronomias e geociências. Além de regulamentar e fiscalizar, o Crea-PR também promove ações de atualização profissional, primando sempre pela qualidade na prestação dos serviços prestados.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: