Santo Antônio da Platina

Comércio volta a funcionar em horário convencional

Decreto da prefeitura municipal flexibiliza medidas de prevenção à Covid-19 e autoriza volta do expediente em horário comercial

Da Redação


O comércio de Santo Antônio da Platina está liberado para atuar em horários convencionais, após quase quatro meses com expediente reduzido em uma medida adotada como enfrentamento à pandemia de Covid-19. O decreto da prefeitura municipal que flexibiliza as restrições comerciais entrou em vigor na terça-feira (01).

A justificativa para a medida é a diminuição nos casos ativos de Covid-19 no município – de acordo com o último boletim divulgado no portal da prefeitura são 11 casos ativos no momento, em um total de 312 diagnósticos positivos. Santo Antônio da Platina ainda registra sete óbitos em virtude da doença.

Com a aparente estabilização do avanço da Covid-19 e, de acordo com o decreto, com baixa ocupação dos leitos tanto do Hospital Regional do Norte Pioneiro quanto do Hospital Nossa Senhora da Saúde, além de não haver pacientes infectados pelo vírus internados nessas instituições, a prefeitura optou pelo retorno à normalidade dos horários de funcionamento do comércio platinense.

Desta forma os empreendimentos de Santo Antônio da Platina podem voltar ao expediente de acordo com os próprios alvarás de funcionamento, sendo a maior parte com atuação prevista entre 8h e 18h. Obviamente os cuidados adotados anteriormente para evitar a proliferação da Covid-19, como disponibilização de álcool em gel, uso de máscaras e controle de lotação dos ambientes, estão mantidos.

O decreto ainda libera o retorno de práticas esportivas em quadras e campos, com restrições de uso de vestiários e público, assim como o funcionamento em horário tradicional de clubes sociais, desde que respeitando o limite de 50% da capacidade.

Outros estabelecimentos que podem atuar com metade da capacidade de público em seu interior são igrejas e o cinema, além das demais medidas de combate à Covid-19, como higienização constante dos banheiros e espaços de uso comum e distanciamento de dois metros entre as pessoas presentes.

Já a feira a livre, na Avenida Oliveira Motta, pode acontecer nas terça-feiras e aos sábados, com distanciamento de dois metros entre as barracas e disponibilização de álcool em gel, além da proibição de feirantes de outros municípios.

Nas terça-feiras os feirantes terão das 15h às 16h para montagem das barracas e das 16h às 20h para atendimento ao público. Das 20h às 21h deverá acontecer a desmontagem das barracas. Aos sábados este processo deve acontecer da mesma forma, com horário previsto das 6h às 7h para montagem, 7h às 13h para atendimento ao público e 13h às 14h para desmontagem.

Velórios poderão ter tempo máximo de oito horas de duração, exceto em casos onde a causa da morte seja Covid-19 ou mesmo que a suspeita do óbito seja a doença. Nestes casos está vedada a realização de funerais. 

Deixe um Comentário