Ribeirão do Pinhal

Com apoio da prefeitura, catadores de recicláveis constituem associação

Objetivo é fomentar a atividade na cidade incentivando a separação de material reciclável e a preservação do meio ambiente.

Da Assessoria


Os primeiros passos para criação da associação dos catadores de materiais recicláveis – Recicla Pinhal foram dados na tarde da última quarta-feira (3) em uma reunião com trabalhadores que já atuam na coleta de material reciclável interessados em aderir à atividade.

O objetivo é fomentar a atividade na cidade incentivando a separação de material reciclável, buscando o bem comum para preservar o meio ambiente de materiais poluentes, ao mesmo tempo em que visa melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores responsáveis pela coleta seletiva no município.

De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Alcídio Balduíno de Souza Jr (o Tuco), a gestão de resíduos é um grande desafio para o município. “A falta de uma coleta seletiva mais eficiente reduz e muito a vida útil do aterro sanitário, por isso é importante promover alternativas que contribuam para reduzir o descarte de materiais que podem ser reaproveitados”.

O prefeito Wagner Martins (PSD) acredita que depois de finalizada a documentação do caminhão para coleta seletiva será o momento dar continuidade nesse projeto e ajudar os catadores no que for necessário. “O caminhão vai ajudar bastante porque acaba com o trabalho manual de recolher os materiais nas ruas e agora vamos ajudá-los com a parte burocrática da formação da associação, providenciar um espaço onde os associados possam trabalhar, além de continuar buscando recursos para compra de equipamentos próprios para as atividades deles”, assegurou Martins.

A vereadora do município de Abatiá, Sirleia Reginaldo (a Leia), que acompanhou desde o início a associação de Abatiá, esteve na reunião e considera que a associação de Ribeirão do Pinhal começa com muitos pontos positivos. “Aqui vocês já vão ter um caminhão novo para fazer a coleta e o apoio da prefeitura para começar a associação, o que não tivemos em Abatiá. Estamos há muito tempo batalhando sozinhos. Vocês devem aproveitar essa chance e se unirem para realmente dar certo”, ressaltou.

Escolhida pelos futuros associados da Recicla Pinhal como presidente da associação, a catadora Luzia Aparecida Martins Farias comemora esse importante passo. “Criar essa associação é um sonho antigo. Há um tempo atrás o pessoal tentou, mas não deu certo porque não tivemos apoio, agora vamos aproveitar essa chance e lutar para ser diferente”, disse Luzia acrescentando sobre os benefícios que virão com a associação. “Catar os reciclados nas ruas é muito difícil porque estamos sozinhos, já a associação irá nos ajudar na venda e, com isso, melhorar as condições do nosso trabalho”, conclui.

A diretoria da associação ainda terá Clovis Damasceno como vice-presidente, Sueli Aparecida Bonifácio de Almeida como primeira tesoureira, Ezequiel dos Santos como segundo tesoureiro, Marta Aparecida da Silva como primeira secretária e Florisvaldo Percival da Silva como secretário. Os demais associados representaram os fiscais com o compromisso de fiscalizar o desenvolvimento das atividades, mas também em ajudar no que for necessário.  

Outra medida que o prefeito Wagner e o secretário Tuco consideram importante para ajudar a associação é cuidar da educação ambiental. “Vamos promover campanhas de orientação sobre a coleta seletiva nas escolas e em outros segmentos sociais. Isso vai ajudar os catadores, mas também pretende impactar de forma positiva no comportamento da população para separar melhor o próprio lixo”, explicou o secretário.

Igualmente importante, a equipe da prefeitura também pretende oferecer cursos de capacitação para os catadores. “Esse tipo de curso poderá ajudar os catadores a realizar o trabalho de forma mais eficiente e lucrativa”, finalizou o prefeito.

Deixe um Comentário