Paraná

Cidadania dissolve 45 diretórios no Paraná

Contra Ponto


A comissão executiva do Cidadania23 paranaense dissolveu 45 diretórios municipais porque deixaram de apresentar candidaturas ao curso obrigatório de formação política de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Segundo o secretário-geral do partido, deputado estadual Douglas Fabrício, “agora temos a eleição mais importante, a municipal. É nela que elegemos o vereador, prefeito e vice-prefeito, e o nosso partido, o Cidadania23, sempre primou por esta missão, por isto esta reformulação é necessária”.

Para o vice-presidente estadual da sigla, Hélio Wirbiski “o nosso partido não foi criado para ficar na gaveta e ser um balcão de negócios. Um partido que não mostra a cara e não apresenta para a sociedade ideias, nomes preparados e projetos consistentes não possui uma razão para existir. No Cidadania23 não compactuamos com tal atitude”, destacou.

Foram dissolvidos os diretórios municipais de São Mateus do Sul, Alvorada do Sul, Anahy, Assaí, Balsa Nova, Bela Vista da Caroba, Bituruna, Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Cantagalo, Cidade Gaúcha, Douradina, Enéas Marques, Fernandes Pinheiro, Fênix, Florestópolis, Foz do Jordão, Guapirama, Guaraci, Guaraniaçu, Ibaiti, Indianópolis, Lidianópolis, Mandirituba, Mangueirinha, Matinhos, Missal, Nova Laranjeiras, Palmas, Palmital, Paula Freitas, Pinhal de São Bento, Porto Barreiro, Prudentópolis, Quatiguá, Rancho Alegre do Oeste, Rio Azul, Rolândia, Santa Tereza do Oeste, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Sertaneja, Sertanópolis e Wenceslau Braz.

Deixe um Comentário