Santo Antônio da Platina

Chuva impede início de obras no Monte Real

Na semana passada os moradores do Monte Real bloquearam a PR-092 nos dois sentidos em protestos contra a prefeitura
CRÉDITO: Antônio de Picolli

Da Redação


O início das obras de manutenção no distrito do Monte Real, agendado para esta terça-feira (3) após protestos dos moradores na PR-092 na semana passada, não ocorreu em razão das condições climáticas no município. Os trabalhos devem ser iniciados assim que o tempo tiver estável, conforme informou o secretário Municipal de Obras, Everton José Panigada.

“O tempo precisa estar firme para trabalharmos na manutenção asfáltica, do contrário perderemos tempo e dinheiro. Contudo, tão logo iniciaremos os serviços acordados com os moradores durante a manifestação”, garantiu o secretário.

A comunidade reclama da situação de abandono do poder público com Monte Real. Além da péssima condição do asfalto na rodovia de acesso ao distrito, os moradores apontam inúmeros problemas de infraestrutura básica em ruas, escola e até no posto de saúde. “A gente está cansado de tanto pedir e ficar sempre na mesma. Eles estão avisados que se não resolverem, nós vamos fechar a estrada de novo”, promete Luís André de Oliveira, morador do Monte Real. “O pessoal da prefeitura já sabe quais são os problemas. Já conversamos várias vezes, só que parece que a gente só presta na época de eleição, depois que passa se esquecem do povo”, complementa o morador.

As manifestações na semanada passada foram acompanhadas pelo vereador Rudinei Esteves (MDB), o Rudi, que garante apoio aos moradores do distrito. “É uma vergonha o que está acontecendo. A escola está coberta com lona para evitar que as crianças se molhem quando chove. Tem estrada rural que faz anos que não vê uma máquina. É um abandono total. Não estou fazendo política, nem brigando por mim, mas lutando pelos direitos dos moradores que estão sofrendo com a falta de atitude da prefeitura para resolver problemas, que são antigos”, reclama.

A manifestação só chegou ao fim com a presença do prefeito de Santo Antônio da Platina, José da Silva Coelho Neto, o Professor Zezão (PHS), que chegou ao local do protesto por volta das 10h. A rodovia havia sido fechada por volta das 6h da manhã. 

Em conversa com os manifestantes o prefeito prometeu resolver algumas das questões com agilidade, garantindo que as estradas rurais ao redor da comunidade receberiam nos próximos dias o maquinário para recuperação das vias.

Deixe um Comentário