Geral

Chefe da Vigilância em Saúde que contrariou coquetel da prefeita Nerilda foi exonerada

O Ministério Público já emitiu nota afirmando que instaurou Inquérito Civil  para investigar o coquetel de inauguração da creche Helena Pavinski em que a prefeita Nerilda participou descumprindo os decretos vigentes que versam sobre o isolamento social e aglomerações por conta do novo coronavírus.

Agência Criativa

David Batista

O motivo da exoneração teria sido em função da prefeita estar organizando um coquetel para inauguração da creche Helena Pavinski e a equipe de Vigilância ter se colocado contra o coquetel (aglomeração) em função do crescente número de casos de coronavirus (COVID-19) registrados em Arapoti que ontem somou 70 casos.

Arapoti – A prefeita de Arapoti Nerilda Penna tomou uma surpreendente decisão que surpreendeu a comunidade ao exonerar a Chefe da Vigilância em Saúde, Andréa Cristina Silva. O decreto de exoneração foi publicado no diário oficial do município desta sexta-feira, 19 e passa a valer a partir do dia 22 de junho. O motivo da exoneração teria sido em função da prefeita estar organizando um coquetel para inauguração da creche Helena Pavinski e a equipe de Vigilância ter se colocado contra o coquetel (aglomeração) em função do crescente número de casos de coronavirus (COVID-19) registrados em Arapoti.

Andréa estava há 10 anos a frente da função e era reconhecida pelo excelente trabalho, principalmente no combate à pandemia da Covid-19 no município. Tentamos contato com a prefeita para comentar o motivo da decisão, mas até o momento ela não respondeu às perguntas. O Secretário Municipal de Saúde, Márcio Martins, admitiu que foi pego de surpresa com a decisão e que, no momento, ainda não poderia comentar o fato, pois estava apurando a situação.

Andréa também informou que foi surpreendida pela notícia e não chegou nem a ser comunicada antecipadamente. “A prefeita Nerilda em nenhum momento se reuniu com a equipe da secretária de saúde para debater ações que pudessem diminuir o crescente número de casos testados positivos. Eu lamento decisão da prefeita. Quero esclarecer que ela não aceita posicionamento técnico da saúde e não admite que sobreponham suas decisões políticas” disse Andréa.

 O Ministério Público já emitiu nota afirmando que instaurou inquérito Civil  para investigar o coquetel de inauguração da creche Helena Pavinski em que a prefeita Nerilda participou descumprindo os decretos vigentes que versam sobre o isolamento social e aglomerações por conta do novo coronavírus.

Deixe um Comentário