Cornélio Procópio Santo Antônio da Platina

Casas populares são entregues a famílias do Norte Pioneiro

128 imóveis em Santo Antônio da Platina, e 47 unidades à população de Cornélio Procópio

CRÉDITO: AEN

Da Agência Estadual


Representantes do Governo do Paraná, Caixa Econômica Federal e da Prefeitura de Santo Antônio da Platina entregaram nesta quinta-feira (19) as chaves de 128 casas populares a famílias do município, na região do Norte Pioneiro do Paraná.

A construção do conjunto habitacional recebeu R$ 13 milhões de investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

As obras foram executadas em 17 meses pela construtora F KLAS, contratada via processo licitatório pelo critério de menor preço organizado pela Cohapar. A participação do Governo do Estado no projeto envolveu ainda a Copel e a Sanepar, responsáveis pela instalação subsidiada das redes de energia elétrica, água e esgoto, o que ajudou a viabilizar o projeto e reduzir os custos de financiamento.

Graças aos subsídios do FGTS e às contrapartidas do governo estadual, as famílias beneficiadas pagarão prestações a partir de R$ 377 a R$ 648 por mês durante 30 anos de financiamento, valores similares ou até inferiores ao custo do aluguel na região.

Para o prefeito de Santo Antônio da Platina, José da Silva Coelho Neto, a união de esforços entre os órgãos envolvidos é fundamental para atrair investimentos para o município. “Com essas parcerias, estamos dando oportunidade para que as famílias saiam do aluguel para uma casa própria de qualidade”, afirmou. “Além disso, as obras movimentam a economia e geram empregos e renda no município”, acrescentou o prefeito.

CORNÉLIO PROCÓPIO – Também nesta quinta-feira, foi inaugurado o Residencial Bairro José Janoni, no distrito de Congonhinhas, em Cornélio Procópio. O empreendimento é um dos primeiros entregues por meio do programa Habita Paraná, que marca a retomada dos financiamentos habitacionais feitos diretamente pelo Governo do Estado por meio da Cohapar.

O programa isenta os beneficiários de cobrança de valor de entrada e conta com aportes do Tesouro Estadual e contrapartidas da Copel e Sanepar para tornar os imóveis mais acessíveis. Com isso, as famílias selecionadas pagarão parcelas que vão de R$ 393 a R$ 485 por mês de financiamento.

Segundo o coordenador regional da Cohapar de Cornélio Procópio, Michael Faleiros, o programa surgiu como uma alternativa do governo estadual para facilitar o acesso à casa própria. “O Habita Paraná foi criado com um olhar social, porque uma família com renda de dois salários mínimos não tem condições de pagar um aluguel na cidade, que hoje gira em torno de R$ 700”, explica.

O prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, disse que o projeto é uma forma de valorização do distrito. “Há 40 anos não eram construídas casas populares em Congonhinhas, então este empreendimento reforça a relevância do distrito e é uma conquista muito aguardada pela população”, afirmou. “A prefeitura cumpriu com a sua parte, que foi a doação da área, e contou com a forte parceria do Governo do Estado para efetivar estes investimentos”.

FELICIDADE – Para a auxiliar de cozinha Wanda Pereira, que acaba de fazer 57 anos, a entrega foi o melhor presente de aniversário já recebido na vida. “É uma experiência maravilhosa, porque sempre quis ter a minha casa, então é um presente”, disse. “Eu pretendo mudar logo e com o dinheiro que vai sobrar do aluguel ir melhorando ainda mais a casa”.

Outra beneficiada foi a auxiliar de serviços gerais Graciele Almeida, 29. “Ainda não caiu a ficha, porque é um sonho de muitos e eu, que tenho só 29 anos, já consegui ter essa conquista, então eu estou bem feliz”,

Deixe um Comentário