Abatiá Eleições

Candidato a vice de Abatiá recebeu auxílio emergencial

Haroldo Gobbo, lançado pela Renovação Carismática da Igreja Católica, declarou patrimônio de R$ 531, 9 mil

Da Redação


Uma situação, no mínimo, vergonhosa! O candidato a vice-prefeito de Abatiá, pelo Podemos, Haroldo José Gobbo, lançado pela Renovação Carismática da Igreja Católica, em chapa encabeçada por Sônia Aparecida Chaves, do mesmo partido, aparece como epicentro de um escândalo que atinge a credibilidade dos postulantes à cadeira mais importante do município. Embora tenha declarado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um patrimônio de R$531.970,04, ele se cadastrou e recebeu o benefício emergencial para pelo governo às famílias de baixa renda de todo país.

Haroldo Gobbo aparece no sistema da Caixa Econômica Federal como tendo sacado até 28 de agosto, três parcelas de R$ 600. Enquanto milhares de brasileiros pobres não tiveram acesso ao benefício, o candidato a vice prefeito recebeu indevidamente R$ 1.800, com previsão de mais duas parcelas de R$ 600, totalizando R$ 3 mil, dinheiro do contribuinte, engordando as contas do agora candidato a vice-prefeito.

Caso pleiteie a extensão do benefício, o postulante a vice de Abatiá vai receber mais quatro parcelas de R$ 300, num total de R$ 1200.      

Gobbo e Sônia Chaves utilizam como lema da campanha “Política do Bem”. Com o patrimônio declarado TSE, o slogan da dupla está viram piada na cidade com o trocadilhopolítica do bem próprio”.

Na Relação do patrimônio declarado ao TSE contam um terreno rural, com área de 4,875 alqueires paulistas de terras (totalizando 117.975,00 m²), adquirido em 21 de julho de 2017, registrado no Registro de Imóveis de Ribeirão do Pinhal – PR, matrícula 5.15, R$120.000,00; um terreno rural, com área de 4 alqueires paulistas de terras (totalizando 96.800,00 m²), adquirido em 24 de junho de 1998, registrado no Registro de Imóveis de Ribeirão do Pinhal – PR, matrícula 7591, no valor de R$6.883,90.

Contam ainda: um terreno rural com área de 6,6 alqueires, totalizando 161.261,61 m² de terras, adquirido em 20 de dezembro de 2011, registrado no Registro de Imóveis de Ribeirão do Pinhal, matrícula nº 9.882 R$248.371,90 05/10/2020; Poupança no Banco do Brasil, Conta Poupança Ouro, no valor de R$19.315,15; outro terreno rural, com área de 4 alqueires paulistas de terras (totalizando 96.800,00 m²), adquirido em 13 de dezembro de 1999, registrado no Registro de Imóveis de Ribeirão do Pinhal – PR, matrícula 7591 R$12.000,00

Outras aplicações e investimentos empresa Banco do Brasil, em 19/08/2020: Conta Investimento BB Automático nº 5.484-4 R$ 88.889,34; investimentos na Cooperativa Sicredi: SICREDINVEST, R$5.804,48.

Terreno rural, com área de 4 alqueires paulistas de terras (totalizando 96.800,00 m²), adquirido em 05 de outubro de 2012, registrado no Registro de Imóveis de Ribeirão do Pinhal, Folhas nº 085 R$20.000,00 Caderneta de poupança, na empresa Cooperativa Sicredi, R$0,74; depósito bancário em conta corrente na Cooperativa Sicredi, em 19/08/2020: Conta Corrente nº 05489-5 R$10.704,53

Vale destacar que o total em Bens, no valor R$531.970,04 pode ser até Três vezes maior já que os imóveis foram declarados pela avaliação de aquisição e não pelo preço atual da terra.

Deixe um Comentário