Cambará Saúde

Cambará aplica 27,5% do orçamento em saúde

Investimentos em ações básicas de saúde e especialidades no ano 2018 chegam a quase R$ 17 milhões

Por Graça Maria.


O pediatra, Caio Dalacqua, durante atendimento em uma das unidades de saúde
do município

A Prefeitura de Cambará destinou em 2018, R$ 16,8 milhões do seu orçamento, para a área da saúde, o que representa 27,5% da arrecadação municipal. A legislação vigente no País prevê que os municípios devem aplicar um mínimo de 15% do orçamento anual, demonstrando a preocupação da administração do prefeito José Salim Haggi Neto (MDB), o Haggi Neto, com este setor.

Segundo o prefeito, graças ao aumento dos recursos destinados ao setor de saúde, a área de especialidades médicas beneficiou 533 pacientes atendidos no município por médico angiologista, 1.224 passaram por cardiologista, 899 por ginecologista, 2.941 por ortopedista, 1.227 atendidos por pediatra, e, 4.214 passaram por exames de ultrassonografia.

A farmácia municipal de Cambará atende, em média, de 4.300 a 4.500 pessoas mensalmente para a retirada de medicamentos prescritos pelos médicos que atendem aos pacientes da cidade.

No levantamento apresentado esta semana, segundo Haggi Neto, somando os atendimentos realizados mensalmente no Pronto Socorro e nas sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs), entre 11.500 e 12 mil pessoas são beneficiadas pelos diversos serviços ofertados nessas unidades. Agentes Comunitários de Saúde realizaram em 2018, 39.718 visitas a pacientes cadastrados nas Unidades Básicas de Saúde.

A atenção especial à saúde é uma política de governo que marca a gestão cambaraense desde os tempos em que a prefeitura era administrada pelo saudoso Mohamad Ali Hamzé, o Mamede, que se notabilizou pelo trabalho realizado no campo social. Haggi Neto, discípulo de Mamede e um de seus principais assessores nas três gestões do peemedebista, tem agido da mesma forma, ele que está pela terceira vez ocupando o cargo de prefeito do município.

Deixe um Comentário