Santo Antônio da Platina

Caixa analisa projeto para financiar reforma do Ginásio de Esportes

Projeto estima investimento aproximado de R$ 450 mil por meio emenda do deputado federal Diego Garcia

Projeto tem valor aproximado de R$ 450 mil e será custeado com emenda parlamentar do deputado federal Diego Garcia
FOTO: Arquivo

Dayse Miranda, especial para Tribuna do Vale


Um novo projeto de reforma das instalações do Ginásio de Esportes Henrique Schmidt, de Santo Antônio da Platina, está sendo analisado pela Caixa Econômica Federal (CEF), que nos próximos 20 dias deverá se pronunciar sobre a viabilidade da obra, que é financiada através de emenda parlamentar do deputado federal Diego Garcia.

O projeto da nova reforma da praça de esportes consiste na colocação de bancos na arquibancada, troca de piso, restauração dos banheiros, vestiários e, inclusive, a construção de um muro de arrimo na lateral do prédio que apresenta rachaduras devido a uma erosão que vem aumento ao longo do tempo.

Segundo o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Marcos Gilmar Amaral, o projeto estima investimento aproximado de R$ 450 mil de emenda já aprovada e liberada. Porém, segundo o Setor de Engenharia da prefeitura, ainda não é possível confirmar se todas essas demandas inclusas no projeto serão aprovadas pela Caixa – o órgão tem até o final de abril para se manifestar.

De acordo com Amaral, o ginásio já passou por uma reforma há aproximadamente três anos – que o colocou em condições de uso. Porém, um laudo elaborado recentemente apontou o superaquecimento das lâmpadas de mercúrio – que acabaram estourando e espalhando estilhaços pela quadra, colocando em risco a segurança dos usuários.

Em razão do problema, para prezar pela segurança dos usuários, o Centro Esportivo precisou novamente ser interditado até que sejam feitos os reparos. Amaral detalha que as lâmpadas deverão ser substituídas por outras de LED (tecnologia que não causa o superaquecimento). “O ginásio estava em boas condições de uso, implantamos bebedouro com água potável e gelada para os atletas, colocamos a tela passarinheira no entorno de toda estrutura para evitar a invasão de pombos novamente, investimos em pintura e outros detalhes. Agora estamos otimistas pela nova reforma, lembrando que nosso Centro Esportivo é um dos maiores do Norte Pioneiro – até Londrina”, comentou.

GINÁSIO DE ESPORTES – A praça esportiva que ficou por anos em situação de abandono, foi alvo de vandalismo por diversas vezes, a fachada do prédio foi pichada, vidros quebrados, portas arrombadas e banheiros completamente depredados. Por isso se fez necessária uma série de medidas para preservar o espaço, entre elas isolar o ginásio com alambrado para evitar a invasão de vândalos. Sua última reforma, em 2016, colocou a praça esportiva em funcionamento para pequenos eventos, ao custo de cerca de R$ 240 mil.

Deixe um Comentário