Eleições Jacarezinho

Berrela desiste e PDT se alia à Marcelo Palhares

DEM de Jacarezinho sofre intervenção após ameaça de rebelião de seus dirigentes que exigiam a vice com o PSD

Da Redação


Os dois últimos dias foram intensos nos bastidores da política de Jacarezinho, que quase mudam radicalmente o cenário político. Primeiro foi a ameaça de rebelião dos dirigentes municipais do Democratas (DEM), que exigiam a vice na chapado do candidato a prefeito pelo PSD, Marcelo Palhares, que acabou gerando a intervenção no diretório pelo presidente estadual da sigla, deputado federal Pedro Lupion.

Para completar o quadro caótico na cidade, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), que havia decidido lançar o empresário Osmar Antonio de Castro, mais conhecido por Berrela, como candidato a prefeito pela sigla trabalhista, foi surpreendido na manhã desta manhã com sua desistência.

A divulgação da notícia foi confirmada pelo presidente da legenda, José Antonio Costa, secretário municipal da Conservação Urbana em Jacarezinho, causou correria entre os partidos em disputa, querendo herdar o espólio do PDT. Entre as siglas, até o PT saiu a campo.

Informantes ligados às cúpulas dos partidos envolvidos na disputa informaram que até a vice da ex-prefeita Tina Toneti chegou a ser ofertada como moeda de troca. Entre os prováveis candidatos à suplência estava o nome do ex-secretário de Comércio e Indústria de Jacarezinho, Homero Pavan Filho.

No final da tarde, saiu a notícia oficial: o PDT vai com o candidato do PSD, Marcelo Palhares. Homero Pavan, provavelmente será candidato a vereador, segundo um amigo do ex-secretário.

Neste cenário os grandes derrotados foram o atual prefeito, o médico Sérgio Eduardo Emygdio de Faria (Dr. Sérgio) e seu ex-chefe de Gabinete, Américo Pereira, que sonhava com a vice e acabou sem partido.

Com a desistência de Berrela, o quadro sucessório em Jacarezinho agora fica com seis pré-candidatos: Marcelo Palhares (PSD), Tina Toneti (PT), André Melo (PTB), Tabajara (Cidadania), Marcelo Moraes (PRB) e Luiz Antonio Setti (PSL).

Deixe um Comentário