Curiúva

Assassino diz que vereador encomendou morte de desafeto

Vítima revelou identidade dos algozes a policiais antes de morrer

Vilson Rodrigues foi atingindo por cinco tiros na madrugada de quarta-feira
CRÉDITO: Divulgação

Luiz Guilherme Bannwart


Um crime de homicídio ainda cercado de mistérios, envolvendo um vereador do município de Curiúva, assustou os moradores da pequena cidade do Norte Pioneiro paranaense na madrugada de quarta-feira (20). Rosanio Baiano (PSB) é acusado de encomendar a morte de Vilson Rodrigues, 42 anos, que antes de morrer revelou à Polícia Militar a identidade de seus algozes.

O vereador Rosanio Baiano é apontado como mandante do assassinato de Vilson Rodrigues
CRÉDITO: Divulgação

De acordo com a PM, por volta das 2 horas o Copom (Centro de Operações Policiais Militares) foi informado sobre disparos de arma de fogo no interior de uma casa na Vila Maria José. No endereço, a equipe de Rádio Patrulha encontrou a porta da residência aberta e muito sangue, mas não havia ninguém no imóvel.

Os policiais foram até o Pronto Socorro, onde encontram a vítima ferida no rosto, tórax e braço (cinco tiros). Mesmo bastante debilitado, Vilson Rodrigues, conhecido na cidade por ‘Minhocão’, revelou aos militares que o autor dos disparos seria Cleiton do Amaral – conhecido no meio policial, e o mandante do crime o vereador Rosanio Baiano (PSB).

Amaral foi abordado pouco tempo depois no bairro Cohapar. Nervoso, ele questionou a ação policial, ofereceu resistência e acabou preso. O vereador chegou ao local em seguida alegando que teria ido buscar Amaral, e questionou os PMs sobre o motivo da prisão do amigo. Ao ser informado do que se tratava, Baiano teria agredido um dos policiais com um soco e tentado tomar sua arma, mas foi imobilizado e preso.

Em um vídeo gravado pelos policiais, o atirador confessa a autoria do crime e acusa o vereador o Rosanio Baiano de ser o mandante da execução. A motivação para o homicídio, no entanto, não foi revelada por Cleiton do Amaral.

Vilson Rodrigues chegou a ser transferido para um hospital de Telêmaco Borba, mas não resistiu aos ferimentos.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa dos acusados.

Deixe um Comentário

%d blogueiros gostam disto: