Jacarezinho

Após polêmica, Câmara aprova projeto do Parque Industrial

PL autoriza a contratação de operações de crédito com a Agência de Fomento do Paraná S.A., até o limite de R$ 3.590.000,00

Os vereadores destacaram que a representação do projeto foi importante
CRÉDITO: Marcos Junior

Da Redação com Assessoria 


A Câmara de Vereadores de Jacarezinho aprovou, em duas sessões, o Projeto de Lei do Executivo 91/2019 que autoriza a contratação de operações de crédito com a Agência de Fomento do Paraná S.A., até o limite de R$ 3.590.000,00, destinados à urbanização de loteamento com fins industriais (Distrito Industrial III).

Os vereadores destacaram que a representação do projeto foi importante, pois no início do mês houve uma reunião com representantes do Poder Legislativo, representantes da Câmara da Mulher e o Secretário Municipal de Indústria e Comércio Homero Pavan.

“Não somos contra emprego como foi ventilado. Queremos trazer empresas e auxiliar no que for preciso, mas é necessário mais debates como este para questionarmos”, comenta Pastor André. O vereador Sidnei Francisquinho, o Chiquinho Mecânico, destacou que debates assim devem ser constantes em prol da população.

O presidente da Câmara de Vereadores, Fúlvio Boberg, lembrou que foram várias situações e argumentações. “É essencial o debate entre todos os envolvidos para podermos trabalhar em conjunto em prol do município de Jacarezinho”.

PROJETO

O projeto de lei do Executivo que solicita autorização legislativa para contratação de operação de crédito junto à Agência de Fomento do Paraná, para implantação de infraestruturas no Distrito Industrial 3, foi reapresentado sexta-feira, dia 6. 

Alvo de enorme polêmica depois que o projeto fora rejeitado, numa votação apertada (4 a 3), as presidentes da Associação Comercial e Empresarial de Jacarezinho (ACIJA) e a Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Jacarezinho, Ana Carla Molini e Carla Almeida, procuraram o presidente do Legislativo, Fúlvio Boberg, e juntamente com o secretário Homero Pavan, do Comércio e Indústria, esclareceram as dúvidas e questionamentos dos vereadores.

Da reunião, participaram os vereadores Luiz Carlos Nascimento, José Izaías Gomes, Sidnei Francisquinho e André de Souza Melo, que votaram pela rejeição da matéria quando da primeira discussão, além dos vereadores Nilton Stein e Fúlvio Boberg, que não estiveram na sessão do dia 25 de novembro por motivo de viagem. 

Distrito Industrial será implantado na BR-153, em frente ao trevo de acesso à cidade
CRÉDITO: Marcelo Carneiro

PARQUE INDUSTRIAL

O novo Parque Industrial será o primeiro a contar com todas as infraestruturas, como redes de água, esgoto, galerias pluviais, iluminação e pavimentação asfáltica.

Deixe um Comentário