Ribeirão Claro

APAE inaugura programa de Equoterapia em Ribeirão Claro

Método de tratamento visa a reabilitação física e mental de pessoas portadoras de necessidades especiais

Da Assessoria


Autoridades, representantes da comunidade escolar, alunos, direção, professores e funcionários da Escola Pérola do Norte (APAE) participaram da inauguração do programa de Equoterapia, na última segunda-feira (25) às 16h, no Centro Municipal de Eventos de Ribeirão Claro. O programa era um desejo antigo do estabelecimento de ensino e contou com o apoio do prefeito Mario Augusto Pereira e a parceria da prefeitura de Ribeirão Claro para se tornar realidade.

O evento contou com a presença do prefeito Mario Pereira, da primeira-dama e chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Jacarezinho, Ana Maria Molini, da presidente da Câmara Municipal, Eliana Cortez, da secretária de Educação e Cultura, Maria Cristina Silva, do secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Benedito Jober Faganelli e dos representantes da APAE, Reinaldo Ramos (presidente), Edimara Jorge Cirelli Denobe (diretora) e Rosana Serafim Tozato (secretária).

Nos últimos meses, a equipe que trabalhará com os alunos da APAE passaram por treinamentos com referências do ramo como a Ande Brasil e polícia Montada Coronel Dulcídio. A equipe técnica é composta pela fisioterapeuta Raquel Rahuam da Silva, pela estudante de psicologia Gabriela Jorge Denobe, pela auxiliar-guia Caroline Siqueroli Zucco e pelo veterinário voluntário Vitor Hugo Victor. Os três cavalos foram doados pelo prefeito Mario Pereira, José Anselmo Scatolin Junior e Danilo Camargo.

Após o cerimonial, a equipe fez uma demonstração das atividades do programa com dois alunos. Para o presidente da APAE, Reinaldo Ramos, a iniciativa é uma forma de melhorar a vida dos alunos da entidade. Segundo o prefeito Mario Pereira, o programa é a realização de um sonho e o resultado de muito trabalho da direção da APAE, com o apoio da prefeitura.

Conheça os benefícios da Equoterapia

A Equoterapia é um método de tratamento que visa a reabilitação física e mental de pessoas portadoras de necessidades especiais, dificuldades ou deficiências físicas, mentais ou psicológicas, que utiliza o cavalo em abordagem interdisciplinar.

O ano de 2019 marcou um avanço com a Lei 13.830/2019, que regulamenta a equoterapia como método de reabilitação de pessoas com deficiência, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

A equoterapia é indicada para alterações do tônus muscular, assimetria postural, comunicação inadequada, controle postural insuficiente, coordenação diminuída, crianças e adultos com disfunção neuro musculoesqueléticas, diminuição da atenção, diminuição da mobilidade corporal, distúrbios do equilíbrio e função sócio motora alterada.

Deixe um Comentário