Educação Santo Antônio da Platina

Alunos do Colégio Moralina Eleutério debatem relação natureza x tecnologia

Leonardo Góes e Everson Vargas durante aula com os alunos do Colégio Moralina Eleutério
CRÉDITO: Divulgação

Da Redação


Os alunos do Colégio Estadual Moralina Eleutério da Silva, de Santo Antônio da Platina, estão tendo a oportunidade de uma abordagem pouco convencional nas aulas de física: o estudo para um debate sobre a complexa relação natureza x avanços tecnológicos, proporcionando o estímulo ao pensamento crítico e ao conhecimento sobre o tema proposto. 

Sob o comando do professor Everson Vargas, os alunos trabalharam no último semestre o conteúdo de motores a combustão. Daí surgiu a ideia de um debate entre dois grupos, que serão avaliados e questionados por um terceiro grupo, todos compostos por alunos das duas turma do 2º ano do Ensino Médio. 

São cerca de 45 alunos envolvidos. Um grupo será defensor exclusivamente do meio ambiente. O segundo grupo se baseará em argumentos a favor da evolução tecnológica, porém, sem maiores cuidados ambientais. Já o terceiro grupo deverá argumentar e contra argumentar com as duas ideologias, para depois fazer um julgamento de quem se saiu melhor. O mediador será o professor Everson. O local escolhido para o debate foi o auditório da Fanorpi, no próximo dia 29.

“É uma ideia para valorizar a educação, o que está muito em falta no nosso país. Trabalhamos com este tema e vimos o interesse dos alunos, e veio a ideia do debate. Fizemos seminários e debates e os alunos deram um show, com perguntas muito bem elaboradas, então decidimos levar o debate para o auditório da Fanorpi”, conta o professor. “Com a possibilidade cada vez maior do fim dos carros movidos à combustão este é um tema que tem interesse e que gera muito conhecimento aos alunos”, conclui.

O debate será em formato de júri, e para os alunos se familiarizarem com a situação receberam uma aula com o advogado e professor universitário Leonardo Góes de Almeida. Segundo Everson, a ideia é ampliar este método e aplicar mais vezes também a outras turmas. 

Deixe um Comentário