pandemia

Aglomerações do feriado podem agravar pandemia na região

Boletim SESA confirma quase 2 mil casos e mais de 50 óbitos em 22 municípios da região

Aglomerações no “Residencial Ilha Bela”, em Carlópolis,
gera revolta de internautas
CRÉDITO: Reprodução

JACAREZINHO – Da Redação


Bastou apenas um sol, aliado ao feriado de 7 de setembro para a região registrar aglomerações em vários pontos turísticos do Norte Pioneiro. Internautas flagraram diversas pessoas aglomeradas sem máscara, sem distanciamento social e colocando em risco o aumento da pandemia nos municípios da região.

A intenção era apenas curtir as margens da represa de Chavantes em Carlópolis, por exemplo, e conversar com os amigos. Mas o que muita gente esquece, é que já são quase 2 mil casos confirmados de coronavírus e 51 óbitos na 19ª Regional de Saúde de Jacarezinho, que abrange 22 municípios. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (SESA), atualizados no dia 8 de setembro.  

Segundo o Boletim, das 22 Regionais de Saúde, a Regional de Jacarezinho está na 15ª colocação pelo número de casos confirmados, em 13º lugar pelo número de óbitos e ocupa a 8ª posição no estado pelo número de cidades com óbitos (15 cidades).

A equipe de reportagem tentou entrar em contato com a secretária de saúde Vivian Mariano da Silva Cuenca, para se pronunciar sobre a fiscalização mais ostensiva nos pontos de aglomeração, mas até o fechamento desta edição ela não havia dado retorno. O jornal tentou também ouvir o prefeito de Carlópolis, Hiroshi Kubo, visto que uma das imagens foi registrada dentro do seu empreendimento “Residencial Ilha Bela”, mas também não atendeu às ligações para se pronunciar sobre as aglomerações.

JACAREZINHO

O município de Jacarezinho que apresenta o maior número de casos confirmados na região, 324 casos confirmados, contratou carros de som para transitar pelas ruas fazendo recomendações sobre o distanciamento, bem como a importância do uso de máscaras e higiene com água e sabão/álcool gel. Mas após às 17 horas o fluxo de pessoas na Avenida Brasil é bastante intenso, no intuito de praticar atividades físicas. Porém, em sua grande maioria, descumprindo as medidas sanitárias que vem sendo corriqueiramente recomendadas.

Deixe um Comentário