Cultura Jaboti Paraná

Adélia Woellner lança nova obra, na Biblioteca Pública do Paraná

O livro “A Montanha dos Encantos” faz parte do projeto RECONTAR e traz encartes com histórias escritas por duas crianças paranaenses, de Jaboti e Quitandinha.

Da Assessoria


A prosadora paranaense Adélia Maria Woellner lança seu próximo livro “A Montanha dos Encantos”, em conjunto com um encarte que traz narrativas de autoria de duas escritoras mirins.

Amanda Vitória Melo de Castro, de 10 anos, da cidade de Jaboti, escreveu “A Árvore Encantada”, e Gabriele Machado da Cruz, de 8 anos, da cidade de Quitandinha, é autora de “Montanha dos Encantos”. As duas sagraram-se campeãs do Concurso Literário “Recontar a História Cria Novas Aventuras” e o prêmio será a publicação dos textos com a obra de Adélia. Os lançamentos acontecem na próxima segunda-feira, 14 de outubro, na Biblioteca Pública do Paraná (Rua Cândido Lopes, 133, Centro), às 15h00.

Ao todo, 3.000 exemplares do livro e do encarte serão distribuídos gratuitamente, de forma estratégica e direcionada. O lançamento da obra faz parte do projeto RECONTAR, proposto por Adélia Maria Woellner e viabilizado por meio de fomento da Secretaria de Estado da Cultura do Paraná, através do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), com o patrocínio da COPEL (Companhia Paranaense de Energia).

A ideia partiu da produtora cultural Dnize Castro. A primeira etapa do Projeto contou com a realização de 16 edições da oficina literária “Meu jeito de escrever”, em quatro cidades (Quitandinha, Mallet, Piên e Jaboti), no último mês de junho. Na ocasião, Adélia apresentou suas obras para crianças de 9 a 14 anos da rede pública de ensino e contou sobre o processo de criação literária. O intuito foi estimular o público a buscar o prazer da leitura e a criar o gosto pela expressão escrita. “Nossa intenção foi fazer com que as crianças trouxessem à tona, por meio da literatura, seus pensamentos e sentimentos acerca do mundo”, explica Adélia.

Na segunda fase as crianças produziram os textos que passaram por uma triagem nas próprias escolas. Passaram para o crivo da comissão julgadora 40 textos. O comitê de avaliação foi composto por Adélia, Etel Frota e Nílson Monteiro, que são membros da Academia Paranaense de Letras. Lilia Souza, presidente da Academia Paranaense da Poesia, também contribuiu com a seleção. O nome das vencedoras, que empataram em primeiro lugar, foi divulgado em setembro.

“Nós tivemos que fazer releituras e foi um vai e vem de argumentos para chegar a um veredito final. Gostaríamos de premiar muitos alunos, mas tivemos que tomar uma decisão. Nossas expectativas foram superadas e acreditamos que o Concurso poderá suscitar o nascimento de novos escritores”, conta Adélia.

Balanço positivo

De acordo de Dnize Castro, o nome desse projeto traduz justamente a grandeza do seu significado: recontar é ouvir uma história e repassar adiante para que ela evolua e se perpetue de geração em geração. “Foi assim que tive a ideia de levar a oficina para as crianças para que elas tivessem oportunidade de conhecer o trabalho da Adélia e serem incentivadas a contarem suas próprias histórias”, relata.

O resultado do Concurso encantou Adélia. “Confesso que fui surpreendida com tanta criatividade flutuando no mundo dessas crianças quando realizei a oficina, estimulando exatamente o uso ilimitado da imaginação”, diz Adélia.

A obra

Em “A Montanha dos Encantos” a personagem Cenira se aventura na exploração do mundo. A trajetória é repleta de surpresas e conduz a protagonista por espaços até então sequer imaginados.

“Ela percorre caminhos originais, admiráveis, diversos daqueles normalmente trilhados. Parece sonho, mas não é, porque a sua vivência é intensa, impregnada pela emoção de poder observar, com nitidez, formas, cores, atitudes, danças, espaços, músicas e a arte do universo que está conhecendo. Cenira fica impregnada da beleza que a natureza lhe oferece, aceita os desafios, vive e desfruta o encantamento que esses momentos incomuns lhe oferecem. Ela faz de toda essa experiência um grande e valioso aprendizado. É a versatilidade dos acontecimentos que a levam para uma viagem prazerosa. Cenira aceita com gratidão o que a vida lhe oferece a cada instante”, conta Adélia Maria Woeller.

Para a realização do Projeto RECONTAR, a escritora Adélia Maria Woellner conta com o suporte dos seguintes profissionais: Heliana Grudzien (ilustradora), Neumar Carta Winter (revisão) e Dnize Castro (coordenação e produção).

FICHA TÉCNICA:

LIVRO: “A Montanha dos Encantos”
AUTORA: Adélia Maria Woellner
ILUSTRAÇÕES: Heliana Grudzien
REVISÃO: Neumar Carta Winter
COORDENAÇÃO, PRODUÇÃO E ELABORAÇÃO: Dnize Castro
ASSESSORIA DE IMPRENSA: Jaqueline Gluck, Giovana Chiquim e Lara Pessoa

Sobre a autora:

A poetisa e prosadora Adélia Maria Woellner é nascida em Curitiba, no Paraná. Formada em Direito pela UFPR, pertence às seguintes instituições: Academia Paranaense de Letras (Cadeira nº 15), Academia Feminina de Letras do Paraná (Cadeira nº 18), Centro de Letras do Paraná, Academia de Letras José de Alencar (Cadeira nº 8), Centro Paranaense Feminino de Cultura, Academia Paranaense da Poesia (Cadeira nº 26), Academia de Letras e Artes de Pato Branco-PR (Cadeira nº 27), União Brasileira de Trovadores – Seção de Curitiba e Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil.

Obras: Balada do Amor que se Foi, Nhanduti, Poesia Trilógica, Encontro Maior, Avesso Meu…, Poemas Soltos, Infinito em Mim (traduzido para vários idiomas), Poemas para Orar e Meditar, A Literatura e a História do Paraná, Graciette Salmon – A Ciranda da Estrela Sozinha , Sempre Poesia, CD com 52 Poemas 1999 , Poemas para Amar, Para onde vão as Andorinhas…, Férias no Sítio. Poesias, Luzes no Espelho.uj

Deixe um Comentário