Japira

Acusado de causar separação é assassinado a tiros em Japira

Jaelson Luiz da Silva foi executado pouco depois da meia-noite na varanda de sua casa

Arma utilizada no crime foi encontrada ao lado do corpo de Jaelson Luiz da Silva
CRÉDITO: Divulgação/PM

Luiz Guilherme Bannwart


Jaelson Luiz da Silva, 30 anos, foi morto a tiros no início da madrugada desta quarta-feira (29) na rua Vereador Ademir Inácio da Silva, em Japira. O crime teria sido motivado pela separação do autor dos disparos e a mulher dele, supostamente provocado pela vítima.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi até o local após receber uma ligação anônima e encontrou o corpo da vítima na área da casa. Ao lado do cadáver foi encontrado um revólver calibre 32, com seis munições deflagradas, um tênis de cor azul e um capacete.

Conforme as primeiras informações levantadas pela PM no local do crime, o autor dos disparos teria ameaçado a vítima no dia anterior por ela supostamente causar sua separação.

Em seguida um homem chegou ao local e informou aos policiais que havia recebido uma ligação do suspeito, que teria confessado o crime, fato confirmado pelo próprio assassino (que não teve o nome revelado pela polícia) a um dos PMs, em nova chamada feita por ele ao celular do amigo, dizendo ainda que iria se apresentar à polícia.

O corpo foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML) de Jacarezinho, e liberado à família por volta das 14 horas.

De acordo com a Funerária Renascer, o corpo de Jaelson Luiz da Silva está sendo velado na Capela Mortuária de Japira e o sepultamento está marcado para as 9 horas desta quinta-feira (30) no Cemitério Municipal.

Deixe um Comentário