Jacarezinho

Acija tem papel fundamental na comunidade de Jacarezinho

Da Assessoria

A Associação Comercial e Empresarial de Jacarezinho, que comemorou 65 anos recentemente, tem um papel fundamental no comércio e na comunidade do município, desde sua fundação. Realização e organização de eventos e campanhas, até cobranças referentes a melhoria de serviços prestados na cidade são algumas das ações da entidade.

Há 61 anos, a diretoria da entidade, na época, participava ativamente de cobranças de serviços prestados na cidade. Em documentos que remetem a 1959, há indicações de envios de ofícios com pedidos de melhorias em diversos setores, como telefonia, fornecimento de energia e até instalação de unidades governamentais estaduais e federais na cidade.

Entre 1956 e 21 de maio de 1959, o presidente da entidade era Theófilo Inocêncio, que também foi membro ativo da Loja Maçônica Aristides Lobo. Logo na sequência, quem assumiu a presidência da entidade, foi Rachid Nassif Sfeir que comandou a primeira reunião como presidente no dia 7 de junho de 1959.

Durante sua gestão, foi implantado o 1º Boletim Informativo da Acija, uma espécie de jornal onde constavam as atividades e trabalhos realizados pela entidade. Também nesta época a associação, em parceria com a prefeitura, realizou a “Semana da Pátria”, em que a entidade era responsável pelas atividades esportivas e a prefeitura pela parte cívica.

Foi também criada a bandeira da Acija, nas cores azul e branca, com três elos entrelaçados que significavam a união das classes (infelizmente não há cópia do modelo original). Nesta época ainda há documentos que relatam o envio de ofício para coletoria federal de Jacarezinho solicitando para que fossem emitidas certidões negativas do imposto de renda e com isto facilitar a vida dos jacarezinhenses que não mais precisariam ir até a delegacia de Londrina para tal ato.

Desde sua criação a Acija sempre esteve envolvida com atividades para melhorar o comércio e a comunidade de Jacarezinho. Também há registros de envios de ofícios para várias entidades com solicitações de melhorias. Dentre esses ofícios há um de 21 de abril de 1959 enviado para Companhia Luz e Força Santa Cruz com pedido para dar “maior interesse nos serviços prestados na cidade”, na questão de distribuição de energia elétrica.

A associação também, além de promover campanhas e organizar atrativos para o comércio ainda apoiava realização de eventos, como o baile da Rainha do Café em que a entidade auxiliava o Jacarezinho Clube na realização. Em 1962 Alfredo de Castro Araújo assume a presidência da entidade e permanece até 1964, onde passa a presidência para Umberto Fidanza que fica até 1972.

Fidanza que era dono de uma revenda internacional de carros, se lançou candidato à prefeito de Jacarezinho por duas ocasiões, ainda quando era presidente da Acija, nos anos de 1968 e 1972. Em ambas as ocasiões ele não saiu vencedor do pleito eleitoral. A associação ainda participou e realizou muitas ações que veremos nos próximos textos da série em homenagem aos 65 anos da entidade.

Deixe um Comentário