Wenceslau Braz

50 famílias recebem casas populares em Wenceslau Braz

Projeto da prefeitura do município em parceria com a Cohapar beneficiou famílias em situação de vulnerabilidade social

DA ASSESSORIA


Emoção. Por parte da equipe da gestão de Wenceslau Braz e, principalmente, dos beneficiários, que enfim realizam o sonho da casa própria. Essa foi a tônica da entrega das 50 unidades habitacionais, realizada na manhã desta quinta-feira (25) pela prefeitura do município e Cohapar. 

As moradias são destinadas a famílias consideradas em situação de vulnerabilidade social e não têm custo aos beneficiários. Além disso, a prefeitura deu isenção no IPTU por cinco anos aos novos imóveis. O investimento nas obras foi de R$ 2,8 milhões, sem contar o valor dos terrenos, cedidos pelo município. 

“É um legado que fica para as famílias. Gestores públicos passam, mudam, mas um benefício como este é permanente. Posso dizer que é uma realização para todos nós da prefeitura poder entregar essas casas depois de tanto empenho para os sonhos dessas famílias se tornarem agora realidade”, comemora o prefeito Paulo Leonar. 

“Eu venho de uma família carente e sei a importância de uma moradia digna, coisa que muitas dessas pessoas que hoje recebem as chaves das casas não tinham. Agradeço muito a toda equipe da nossa secretaria de Habitação e também da Cohapar, que não mediram esforços para a conclusão deste projeto tão importante”, completa o prefeito. 

45 das novas unidades habitacionais possuem 32m², com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Já as casas destinadas a moradores com limitações físicas possuem acessibilidade e metragem de 49m². 

As casas populares foram distribuídas em dois conjuntos, sendo 30 casas no loteamento Pôr do Sol e 20 moradias no Bairro São Francisco de Assis. Para não haver aglomerações, não houve cerimônia, como costuma acontecer. Foi realizada apenas a entrega das chaves de forma individual para os beneficiários já no novo lar. 

A beneficiária Simone Teresinha Gonçalves, de 33 anos, morava de aluguel e conta a dificuldade que era conseguir o dinheiro para pagar a casa. “Atualmente estou desempregada. Tinha que procurar muitos bicos como diarista para conseguir pagar o aluguel. Eu tenho oito filhos e agora vou poder gastar esse dinheiro com eles comprando roupas, sapatos e até mesmo material escolar”.

Os novos empreendimentos imobiliários, por estarem anexos a bairros já existentes, contam com infraestrutura urbana. Já foi instalada a iluminação led e a prefeitura trabalha agora para pavimentar as ruas. 

Logo após a entrega das chaves algumas das famílias já começaram a fazer as mudanças para as novas casas.

Deixe um Comentário