Carlópolis

Grupo de reflexão para combater violência doméstica em Carlópolis

MPPR firma convênio com Município para criar Grupo de Reflexão para Autores de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher

Redação com MPPR


Em Carlópolis, no Norte Pioneiro do estado, o Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça local, firmou convênio com a Secretaria de Ação Social do Município para a criação de em Grupo de Reflexão para Autores de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

Conforme indica o nome, esses grupos, que existem em diversas cidades paranaenses, são voltados aos autores de violência doméstica contra a mulher e têm apresentado excelentes resultados na prevenção à reincidência.

No documento de apresentação do projeto, o MPPR explica que o autor da “violência doméstica e familiar contra a mulher paga impostos, não destoa dos membros de sua comunidade e tampouco demonstra socialmente a violência, não sendo agressivo com amigos ou colegas de trabalho.

Geralmente, o agressor possui o perfil do homem ‘comum’ e pratica a violência contra a mulher por uma questão de repetição de padrões anteriormente aprendidos, vivenciados e internalizados ao longo da sua vida.

Assim, o grupo de reflexão para autores de violência doméstica e familiar contra a mulher propõe justamente o rompimento de ‘padrões’ anteriormente internalizados pelo agressor, inibindo o ciclo de reincidência e rompendo o ciclo de violência estabelecido.

Como já acontece em outras localidades, o grupo funcionará com uma equipe multidisciplinar que promoverá encontros com os autores de violência. O grupo reflexivo “busca, por meio de orientação e acompanhamento, coibir, prevenir e reduzir a incidência ou reincidência da violência doméstica contra mulheres. Busca-se, ao final dos encontros, ‘desnaturalizar’ a violência internalizada nos padrões de convivência do agressor”, explica a Promotoria de Justiça.

A participação no grupo de reflexão pode ser voluntária ou determinada por medida judicial aos autores de agressões, com participação obrigatória.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios