Geral

Filipe Barros pede ao TSE investigação sobre crime do PT em São Paulo

Da Assessoria

O deputado federal Filipe Barros (PL Paraná) protocolou nesta sexta-feira (06) requerimento junto à Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) solicitando investigação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo crime eleitoral extemporâneo e abuso do poder político e econômico envolvendo Lula da Silva, Partido dos Trabalhadores (PT), a presidente do partido Gleisi Hoffmann e a cantora baiana Daniela Mercury pela realização do showmício no último dia 1º de Maio, em São Paulo, pago com dinheiro da Prefeitura de São Paulo pela emenda orçamentária do ex-senador do PT paulista, Eduardo Suplicy.

O evento eleitoral travestido com roupagem de “espetáculo musical” foi realizado com a justificativa de se comemorar o feriado do Dia do Trabalho.

“Constatou-se que o tal espetáculo nada mais foi que, um engenho elaborado, ou seja, um showmício em prol da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, do PT e de sua presidente, em clara violação das regras eleitorais”, destacou Filipe Barros.

Na Notícia de Irregularidade protocolada pelo deputado paranaense pede-se a investigação e apuração de utilização de showmício para a campanha eleitoral antecipada de Lula, com dinheiro da cidade de São Paulo.

Após serem desmascarados pela imprensa, o Município de São Paulo, abriu sindicância para a apuração dos fatos, como forma de encobrir o escândalo e crime eleitoral.

Inadmissível – O requerimento cita, como exemplos que reforçam a tese da propaganda eleitoral extemporânea: o pré-candidato Lula diz ter sido “convidado” para o evento exatamente no Dia dos Trabalhadores e de Daniela Mercury cantar refrões de música se referindo ao pré-candidato Lula, fazendo “L” com a mão, convocando o público a repetir o gesto e gritar o slogan de campanha.

“Não podemos permitir que este tipo de estratagema barato persista”, afirmou Filipe Barros. “A desfaçatez do PT é tamanha que o dinheiro público foi usado para burlar a lei eleitoral e pagar artistas que se dizem admiradores do condenado e processado ex-presidente Lula”, reforçou o deputado que é vice líder do PL.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!