Saúde

Empresas têm poucos dias para aderir à campanha de vacinação contra a gripe

Sesi Paraná prorroga prazo de adesão até 18 de março. Saiba por quê é tão importante incentivar a imunização

Assessoria

Quem se protege contra a gripe por meio da vacina, reduz consideravelmente as chances de ir parar no hospital ou de manifestar sintomas graves por conta da doença. Logo, evita a possibilidade de infecções duplas por covid-19 e gripe, o que alivia a pressão sobre o sistema de saúde e facilita o trabalho de triagem nos hospitais.

“A vacina contra a gripe protege dos subtipos H1N1, H3N2 e influenza B”, explica Rafael Iagher, farmacêutico e bioquímico do Sesi Paraná. “Além disso, estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos e aumentar as defesas do corpo, pois mesmo uma simples gripe pode ter complicações”, completa.

A baixa adesão à vacinação contra a gripe nos últimos dois anos, além do relaxamento da população nas medidas que estavam sendo tomadas para evitar e reduzir o contágio do coronavírus, são um alerta em todo o país. Por isso, a vacinação contra a gripe, que é sempre importante, ganha ainda mais relevância em tempos de pandemia.

Há ainda a preocupação com a produtividade das empresas que, depois de dois anos de pandemia, precisam recuperar a competitividade. Prevenindo a gripe entre seus colaboradores, acabam diminuindo as chances de que sejam afastados devido à doença – e é bom lembrar que, em muitos casos, os sintomas de gripe são suficientes.

Para apoiar as indústrias em suas ações de prevenção, o Sesi Paraná prorrogou a data de adesão da Campanha de Vacinação contra a Gripe deste ano. Até 18 de março, ou enquanto durarem os estoques, empresas podem aderir via site. O agendamento inicia-se em meados de março e o gesto vacinal será realizado entre os meses de abril e junho, na própria empresa, no formato in company, em qualquer município do estado.

Seguindo a Resolução da Anvisa, serão oferecidas vacinas contra a influenza trivalente e quadrivalente, contendo os tipos de cepas de vírus em combinação, inclusive a nova cepa Darwin (H3N2) causadora do grande aumento no número de casos de gripe no final do ano passado e início desse ano em todo o país.

Recomenda-se que toda a população seja vacinada contra a gripe antes do início do inverno. Vale lembrar que não há contraindicação de que as vacinas contra a gripe e contra a covid-19 sejam administradas em conjunto.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!