Santo Antonio da Platina

Empresa atrasa novamente salários de funcionários da UTI

Empresa credenciada pela Funeas perdeu licitação e está desligando colaboradores

Da Redação


Os cerca de 40 funcionários da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), exclusiva para tratamento de Covid-19, do Hospital Regional do Norte Pioneiro (HRNP), sediado em Santo Antônio da Platina reclamam há dias que estão com seus salários atrasados.

Até o final da tarde desta segunda-feira (14), eles ainda não haviam recebido da empresa Alfa Resgate, os vencimentos referentes ao mês de fevereiro, que deveriam ter sido pagos até o quinto dia útil, ou seja, 8 de março.

A Alfa foi credenciada mediante licitação pela Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (Funeas). O contrato venceu recentemente e, segundo o presidente da instituição, Marcelo Machado, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), tendo em vista os seguidos problemas causados pela prestadora de serviço, resolveu não renovar o contrato, procedendo novo credenciamento de outra empresa.

A empresa que substituiu a Alfa, a SMB, de Curitiba, reaproveitou todos os funcionários que atuam na UTI, mas não tem responsabilidade sobre o passivo deixado pela antecessora.

Descaso
Uma funcionária que deu entrevista por telefone nesta segunda-feira (14) disse que o que causa revolta é o descaso dos responsáveis pela Alfa. “Permanecemos sem nenhuma resposta da empresa Alfa sobre o nosso pagamento que era pra ter sido no quinto dia útil. Quanto à multa rescisória sabemos que a empresa tem o prazo até o dia 18, porém ninguém nos dá satisfação, além de ter feito todo mundo ir ao Banco Itaú no último mês para receber o salário e agora já mudou e disse que vai pagar por Pix ou transferência”, reclama.

Ela acrescenta que no mês passado alguns funcionários receberam por Pix no dia 20 de fevereiro. “Como no meu caso muitas pessoas dependem desse dinheiro para pagar aluguel, mercado, e transporte para ir trabalhar”, desabafa.

O presidente da Funeas, Marcelo Machado, por telefone, disse que a estatal está em dia com os compromissos com a Alfa Resgate e que a não renovação do contrato é o resultado dos seguidos problemas causados pela empresa, tranquilizando os funcionários que a secretaria da Saúde do Paraná está vigilante.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!