Economia

ECONOMIAAuxílio emergencial: Liberada consulta ao calendário da 7ª parcela



ECONOMIAAuxílio emergencial: Liberada consulta ao calendário da 7ª parcela
Cronograma de pagamentos começa a partir da próxima semana. Confira as datas de depósito e programe-se para o resgate do dinheiro.

Publicado em 15/10/2021 às 09:57Por Redação Capitalist

SHARETWEET


A Caixa Econômica Federal já autorizou a consulta das datas de pagamento da 7ª parcela do auxílio emergencial, considerada até o momento a última rodada da prorrogação do programa em 2021. Os valores do benefício seguem os mesmos, com quantias entre R$ 150 e R$ 375.


Apesar de não haver uma confirmação, rumores apontam para uma movimentação do governo federal em estender por mais alguns meses o auxílio emergencial. A ideia é que ele perdure por mais dois meses ou chegue a operar até o mês de abril de 2022. Vale lembrar que são apenas informações preliminares e uma confirmação oficial ainda não foi feita.



Quando começam os pagamentos da 7ª parcela do auxílio emergencial?
No caso do público geral, os pagamentos da última rodada do programa vão começar na próxima quarta-feira, 20 de outubro. A princípio, os recursos serão depositados em conta poupança social digital. Em relação ao calendário de saques, a etapa está marcada para iniciar no dia 1º de novembro.

Já os beneficiários inscritos no Bolsa Família receberão a 7ª parcela dois dias antes que o público geral: na segunda-feira, 18 de outubro. Os repasses desse grupo são feitos de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS). Para os demais, tem-se como ordem de pagamento o mês de aniversário.

Calendário 7ª parcela do auxílio emergencial
Veja abaixo as datas de pagamento da última parcela do auxílio emergencial:



Público Geral
Mês de nascimento Data do crédito em conta Data para saque em dinheiro



Importante: com o fim do programa, o governo federal pode lançar no próximo mês o Auxílio Brasil, substituto direto do Bolsa Família. Por outro lado, caso a proposta seja adiada, existe a possibilidade de uma nova prorrogação do auxílio emergencial, dessa vez com menos beneficiários e com com possibilidade de redução no valor.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios