Wenceslau Braz

Depen confirma 23 casos de Covid-19 entre detentos

Superlotada, cadeia de Wenceslau Braz vive surto do vírus entre população carcerária 

Da Redação 

Delegacia de Wenceslau Braz ainda funciona anexo só presídio
Crédito da Foto: Folha Extra

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) confirmou a infecção por Covid-19 em 23 dos cerca de 130 detentos da cadeia pública de Wenceslau Braz. Apesar da presença do vírus, não há previsão de transferência de presos neste momento.

Ainda segundo o Depen, houve realização de testes em massa na população carcerária e todos os positivados estão com sintomas leves e, de forma geral, apresentam bons quadros clínicos. Entre os agentes não houve caso recente de contágio.

Por fim, o Departamento Penitenciário também garante que os cuidados sanitários foram intensificados e que a unidade não receberá novos detentos pelo período de 14 dias, além de visitas estarem suspensas.

Vale lembrar que a carceragem de Wenceslau Braz tem cerca de três vezes mais presos do que a capacidade prevista originalmente. Apesar disso, não há registro de fuga há muitos anos. 

INVESTIGADOR

Neste meio tempo, o investigador da Polícia Civil lotado no município, Oscar Estevam, foi a óbito em decorrência da Covid-19. Vale lembrar que em Wenceslau Braz a 36ª Delegacia Regional de Polícia e a carceragem estão no mesmo prédio.

Oscar estava internado em Arapongas e foi a óbito no domingo (11) após agravamento do quadro de saúde. O corpo do investigador foi sepultado na segunda-feira em Salto do Itararé, onde morava.

Deixe uma resposta

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios