Cadernos

Dataprev: saiba como consultar auxílio emergencial pelo CPF

Beneficiários podem consultar tudo sobre o auxílio emergencial na plataforma da Dataprev informando o CPF. Essa verificação é gratuita.

Por Isadora Tristão

A sexta parcela do auxílio emergencial já está em andamento e o programa caminha para ser finalizado no próximo mês. De acordo com as regras da extensão, quem recebe a cota atual não tem garantia que receberá a seguinte. Para confirmar o pagamento, você pode consultar o auxílio emergencial pela Dataprev utilizando o CPF.

Essa plataforma do governo permite que os beneficiários verifiquem sua elegibilidade, valor da parcela, data de depósito. Além dessas informações, quem recebeu a resposta negativa ainda pode entrar com recurso através desse portal digital.

Consultar o auxílio emergencial por CPF: veja o que fazer

A verificação do benefício requer alguns passos simples. Sendo assim, para consultar o auxílio emergencial por meio do CPF, os trabalhadores devem:

  1. Entrar no site da Dataprev;
  2. Informar número de CPF, nome completo e data de nascimento do beneficiário, nome completo da mãe;
  3. Assinalar a caixa “não sou um robô” e clicar no botão “Enviar”.

Depois disso, você será redirecionado para uma página com todos os detalhes da ajuda governamental.

Auxílio emergencial é pago pelo app Caixa Tem

Além de consultar o auxílio emergencial por CPF, os beneficiários podem fazer outras verificações simples pelo app Caixa Tem. A conta digital permite que o trabalhador veja o valor depositado em sua conta e o extrato das parcelas anteriores.

A plataforma permite ainda que o usuário faça movimentações no momento em que o dinheiro entra. Por meio do Caixa Tem é possível fazer transferências bancárias (TED, DOC e Pix), compras online e pagamentos de contas e boletos. Os interessados em obter o dinheiro em espécie, o app ainda fornece um código para saques no autoatendimento.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios