Capa

Bolsonaro garante incentivos às
santas casas e ao agronegócio

Presidente disse que conta com apoio de Filipe Barros nesta novas etapa de sua gestão

Imprensa Câmara

Durante a visita que fez à Londrina, no último final de semana, a convite do deputado federal Filipe Barros, o presidente Jair Bolsonaro falou sobre projetos que o Governo Federal está articulando para ajudar as santas casas de misericórdia e o agronegócio.

O presidente explicou que pretende readequar recursos da União para destinar R$ 2 bilhões para esses hospitais e cerca de R$ 3 bilhões para apoio aos pequenos e médios agricultores.

“As santas casas fazem um trabalho excepcional, em volume muito grande, perante as pessoas necessitadas. Também pretendemos ajudar o agronegócio tendo em vista a seca que se abateu nos últimos meses, em especial na região Sul”, afirmou Jair Bolsonaro.

A informação foi durante encontro com apoiadores e representantes do Conselho de Pastores Evangélicos de Londrina, no saguão do hotel em que o presidente estava hospedado, e organizado pelo deputado federal londrinense Filipe Barros.

Bolsonaro disse que parte da readequação viria da área da Cultura para atender as urgências da Saúde e do Agro e que por isso, inclusive, vetou a Lei Paulo Gustavo. “A Lei destinaria R$ 4 bilhões para os governadores aplicarem na cultura; e eu pergunto: o governador Rui Costa vai aplicar em que lá na Bahia senão junto aos “figurões” e “peixões” que ficaram de fora da Lei Rouanet?”, indagou o Presidente. “Então, vetei”, complementou Bolsonaro.

O deputado federal Filipe Barros disse que é apoiador do projeto do Governo Federal. “Como vice-líder da bancada do PL e soldado do Presidente Jair Bolsonaro vamos trabalhar para que os recursos cheguem para as Santas Casas e para os nossos agricultores”, destacou Filipe Barros.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!