Editoriais

tri

O Brasil não é uma anarquia

Mario Eugenio Saturno Finalmente, no último 17 de fevereiro, o Supremo Tribunal Federal demonstrou que nossa Pátria não é regida pela Anarquia, tem leis e elas devem ser respeitadas. Já defendi que as autoridades cumpram seu dever e apliquem o Código Penal para quem propaga a pandemia.  Aliás, não custa[Read More…]

As redes sociais e a falsa liberdade

Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves Surgidas com a imagem de território livre – aquele onde tudo pode – as redes sociais impuseram sua presença no espectro antes ocupado com exclusividade pelos jornais, revistas, rádio e televisão, tornando-se gigantes. A inovação foi tão expressiva que hoje, a mídia tradicional também é cliente[Read More…]

Retorno às aulas presenciais, e agora?

Viviane Schueda Stacheski Além de todas as incertezas, mudanças, insegurança e medo que o momento atual gerou em grande parte da população mundial, os pais de alunos com idade escolar enfrentam outro dilema nesse início de ano – aula presencial: sim ou não? Decisão difícil a ser tomada imbuída de[Read More…]

Democracia em risco

Ricardo Viveiros* As cenas de selvageria na invasão do Capitólio, em Washington (EUA), quando deputados e senadores discutiam a ratificação da eleição de Joe Biden, mostraram o que acontece quando um presidente desrespeita as instituições, coloca em cheque a credibilidade do sistema eleitoral e ignora os limites de independência dos[Read More…]

Luta contra pedágio faz parte da história de Romanelli

“Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis” – Bertolt Brecht Acir Mezzadri A luta contra as altas tarifas[Read More…]

‘O ótimo é inimigo do bom’

“Tem gente passando fome./E não é a fome entre uma refeição e outra./Tem gente muito doente./E não é a doença que entre a receita e a aspirina” (Ulisses Tavares) Luiz Claudio Romanelli Enquanto o Big Brother Brasil distrai uma parte da nação, um naco considerável de brasileiros aguarda pela definição[Read More…]

As consequências da intimidade do Procurador e do Juiz

Artigo do Dr. Marcelo Campelo No início da semana, o Ministro do Supremo Ricardo Lewandowski levantou o sigilo de todas as conversas hackeadas entre o juiz, à época Sérgio Moro e o então Procurador Deltan Dallagnol. Estes diálogos foram obtidos por meio de hackeamento de seus celulares, cujo teor revela[Read More…]

O BRASIL BOM, SEM GOVERNO

COLUNA CARLOS BRICKMANN Chega de brincar: um grupo de gente séria decidiu, com seu dinheiro, dar um jeito de vacinar logo, até setembro, toda a população do país. O objetivo é vacinar, sem se preocupar com trololós de políticos nem com eleições. Feito o serviço, pronto: o grupo volta a[Read More…]

tri

FIM DO AUXÍLIO EMERGENCIAL E A FOME

Fernando Rizzolo Hoje temos no Brasil 15 milhões de desempregados, com 230.000 mortos pela pandemia e um Bolsa Família que não acompanha a inflação. Como se não bastasse, agora temos o fim do auxílio emergencial, acompanhado pelo olhar desesperado das mães que são a maioria das chefes de família em[Read More…]

tri

Hora de punir quem propaga coronavírus

Mario Eugenio Saturno* Em qualquer lugar do planeta, em geral, o ser humano somente respeita regras se houver punição. O europeu não joga papel no chão porque há multa que dói no bolso, não porque seja educado. Conheci famílias que perderam filhos em acidentes e que não serviram de exemplo[Read More…]

O URSO E O DONO DO URSO

COLUNA CARLOS BRICKMANN Imagine, caro leitor, que você esteja em casa, e de repente um urso abra a porta e entre na sala. Um urso amigável, fofinho, de seus, digamos, 400 kg. Onde é que você irá acomodar o urso? A resposta é simples: onde o urso quiser. O presidente[Read More…]

O BURACO É MAIS À FRENTE

Carlos Brickmann O presidente Bolsonaro pensa que seu maior problema é o Congresso. Não é: tudo o que pode ser resolvido com dinheiro não é problema, é custo. Sim, está sendo caro: evitar impeachment, evitar CPIs, o investimento é alto mesmo. Mas não é um problema. Para evitar o constrangimento[Read More…]

A quase greve dos caminhoneiros

Dirceu Cardoso Gonçalves A anunciada paralisação de caminhoneiros, que poderia ter as mesmas proporções daquela de 2018, quando a classe parou e bloqueou durante 11 dias as principais estadas do país, não se repetiu nessa segunda-feira. Apenas manifestações pontuais, onde as reivindicações foram colocadas. Os transportadores atenderam ao apelo do[Read More…]

Voto secreto, o pária do Legislativo

Dirceu Cardoso Gonçalves As atenções do país estão voltadas para Brasília onde, na segunda-feira (01/02), serão eleitos os novos presidentes da Câmara e do Senado. São duas figuras detentoras do maior poder da República. Terceiro e quarto indivíduos na linha de sucessão presidencial e, mais que isso, quem, ditatorialmente, decide quais projetos são colocados[Read More…]

A morte tudo encobre

Carlos Brickmann O general Mourão atribui corretamente a culpa pela brusca elevação dos casos de Covid às festas de fim de ano. Boa parte da população abandonou os cuidados, confiante em que o vírus estaria de folga. Mas termina por aí a razão do vice-presidente: ele disse que medidas como[Read More…]

Chegou a vacina e, com ela, a esperança

Dirceu Cardoso Gonçalves Apesar dos trancos, incompreensões, mi-mi-mis e explorações político-eleitoreiras, a vacina contra a Covid-19 já é uma realidade presente em nosso país. Desde a manhã dessa segunda-feira (18), o Ministério da Saúde está transportando a Coronavac rumo aos estados e estes, também de forma acelerada, têm o compromisso[Read More…]

Saída da Ford expõe o drama tributário brasileiro

Dirceu Cardoso Gonçalves   Mais de um século depois de estabelecer-se como a primeira montadora de veículos no Brasil – abrindo em 24 de abril de 1919, na Rua Florêncio de Abreu, São Paulo – a Ford anunciou na segunda-feira (11-01) o fim da fabricação de veículos no país. Vai[Read More…]

IMAGENS DO QUE SE FOI

COLUNA CARLOS BRICKMANN Não, a democracia americana não correu riscos por causa da invasão do Capitólio, a sede do Congresso dos Estados Unidos. Como diria o general de Gaulle (que assim se referiu aos tumultos na França em 68) foi um chienlit – uma cachorrada. De Gaulle, político de pés no chão,[Read More…]

ALÔ, ALÔ, BRASILEIRO

Alô, alô! Aqui quem fala é daqui mesmo. Embora Marte pareça agora até um lugar mais agradável. De alguma forma estamos muito perto uns dos outros e sofrendo as mesmas coisas, independente de nos conhecermos ou não. A fita não muda, parece que as coisas só pioram, e não sabemos[Read More…]

Feliz 2022!

Coluna Carlos Brickmann Claro, 2021 carrega um fardo: vamos levar o ano inteiro vacinando gente, a economia sobe aos poucos, é preciso tirar o ranço de 2020. Mas o início do ano é ruim: um juiz de primeira instância trata decisão do Supremo como se fosse um pedido (e o[Read More…]

AS REVELAÇÕES DO FUTURO

COLUNA CARLOS BRICKMANN Neste ano que já se vai, e que tantos de nós levou, restaram dúvidas que, um dia, serão esclarecidas – ou não, como diria Caetano. Há coisas novas, ainda quentinhas; há coisas antigas. Todas nas mãos de quem tudo encobre. Uma dúvida antiga: em 2017, a Polícia localizou[Read More…]

Home-office, o avanço no serviço público

Dirceu Cardoso Gonçalves A adoção do trabalho remoto – mais conhecido como home-office, ou trabalho em casa – é um dos legados da pandemia. Além dos milhares de empresas que já abriram mão de seus luxuosos escritórios e dos comerciantes que aderiram à loja virtual em lugar da presencial, temos[Read More…]

tri

Jesus Cristo no Presépio e no Sacrário

Padre David Francisquini* Cristo foi envolto em panos e reclinado numa manjedoura forrada com palhas, que se tornaram ornamentos do desejado das nações, do Menino-Rei cheio de aromas e de encanto que acaba de nascer numa gruta em Belém. Um anjo do Céu anunciou a grande notícia para alegria dos[Read More…]

A desumanização da fila do INSS e os desafios da advocacia previdenciária

*Vitor Prato Dias, sócio do Escritório de Paula Machado Segundo informações do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário, o INSS possuía até setembro de 2020 mais de 1,8 milhão de pedidos de benefícios na chamada “fila nacional”. O que já era inadmissível, agravou-se com a pandemia e o consequente fechamento temporário[Read More…]