URGENTE: Caixa Tem pode ser bloqueado por troca de telefone

App pode ser bloqueado para quem recebeu o benefício em 2020 e, depois, trocou de aparelho ou número de celular. Saiba mais.

Edital Concursos Brasil


Para eliminar as fraudes, a Caixa Econômica Federal comunicou que, para acessar o benefício pelo aplicativo Caixa Tem, só será permitido o cadastro de uma conta, ou seja, um número de CPF por número de celular, e o uso de uma mesma conta em até dois dispositivos eletrônicos.

Se você recebeu o auxílio emergencial em 2020 e agora trocou o número do telefone celular ou o próprio aparelho utilizado para logar o benefício pelo aplicativo Caixa Tem, fique ligado, pois você pode ter sido bloqueado do acesso aos novos pagamentos iniciados esta semana. 

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, em entrevista transmitida ao vivo pela internet, 95% do público que compareceu às agências do banco nesta terça apresentou queixas relacionadas ao bloqueio do Caixa Tem devido a trocas de linhas ou aparelhos telefônicos.

“Talvez esse seja o maior ponto em relação aos bloqueios: nós não permitimos um número grande de números de celular por CPF porque, no ano passado, identificamos isso como a principal fragilidade quanto a potenciais fraudes”, falou Guimarães.

Caso você esteja passando por esse problema, vá a uma agência da Caixa, entre 8h e 13h, com documento oficial com foto, como o RG ou a Carteira Nacional de Habilitação, e o número do CPF. Para mais informações, o telefone da Caixa é o 111.

A banco iniciou o pagamento do auxílio emergencial 2021 esta semana, pelo aplicativo Caixa Tem, para cerca de 2,4 milhões de beneficiários nascidos em janeiro.

Vale lembrar que os valores depositados podem ser utilizados no mesmo instante para pagamento de contas de água, luz e telefone, ou de compras pelo próprio aplicativo, sejam elas feitas de forma presencial, em estabelecimentos cadastrados, ou pela internet.

Já a retirada em dinheiro nos caixas eletrônicos, agências bancárias e casas lotéricas será liberada cerca de quatro semanas após o depósito na conta digital da Caixa.