Cambará registra quatro mortes em 72 horas e chega a 30 mortes por Covid-19

Clayton Antonioli é a vítima mais recente, ele é pai de Muriel Antonioli que morreu no último domingo e marido de Maria Tereza que perdeu a vida há algumas semanas

Roberto Francisquini – Circulando Aqui

Na foto, quatro vítimas da Covid-19, Clayton Antonioli, Muriel Antonioli, Paulo Borali e Vinícius Romano
CRÉDITO: Reprodução – Circulando Aqui

O número de mortes por complicações da Covid-19 cresceu exponencialmente nos últimos dias, em Cambará.  Segundo registros, foram quatro mortes nos últimos três dias no Município. Somente no último domingo, 04, foi registrado a morte de três pessoas popularmente conhecidas em Cambará.

No domingo de Páscoa, o comerciante Paulo Boralli, e o empresário Muriel Antonioli, vieram à óbito por complicações da covid-19. No final da tarde, mais uma morte pela doença, o Professor Vinícius Romano. Esse foi considerado o dia mais letal da pandemia na cidade. E os números podem ser ainda maiores, pois outro munícipe que foi a óbito em Cambará (Gilmar Custódio de Melo) também estava com suspeita de ter sido vítima da doença. O resultado dos exames sairá nos próximos dias e deve apontar a causa da morte.

Nesta terça-feira, 06, outro empresário perdeu a vida para a Covid-19, Clayton Antonioli. Ele é o terceiro membro da mesma família que faleceram por complicações do coronavírus em menos de 15 dias. A doença também tirou a vida de Maria Tereza, e seu filho Muriel Antonioli.

Com isso, o Município contabiliza 30 mortes por coronavírus. O clima na cidade é de pavor. Porém, o número de pessoas em tratamento com a doença caiu, de acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde local.

O levantamento aponta que 83 pacientes testados positivos, 20 internados e mais de 1,5mil curados até agora. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está promovendo a campanha de vacinação em massa na medida que as doses são distribuídas pelo Ministério da Saúde o que aumenta as esperanças que deva ajudar a diminuir os índices de casos graves no Município.

A recomendação é para que a população não afrouxe as medidas sanitárias e distanciamento social.