Aplicativos baixados gratuitamente fazem cobranças não autorizadas

Valores de permissões de fleecewares podem chegar a US$ 3.432 (cerca de R$ 19.300 na cotação atual do dólar) por ano.

Edital Concurso Brasil


Serviços acessíveis, como filtros de câmera, editores de fotos e mapa astral que oferecem ao usuários um período de teste grátis, podem ser um golpe. Eles dizem que o serviço é gratuito, mas é preciso cadastrar dados de cartões de crédito para usá-los.

O golpe acontece quando o usuário deixa de cancelar a assinatura antes de terminar o serviço oferecido gratuitamente e retira o aplicativo do celular. Porém, desinstalar o aplicativo não impossibilita a cobrança da assinatura, então é importante cancelar diretamente nas configurações das lojas de aplicativos do celular.

De acordo com relatório divulgado recentemente, por pesquisadores de segurança da Avast, 204 aplicativos maldosos do tipo fleeceware foram descobertos por pesquisadores de segurança da Avast. Os aplicativos encontrados na App Store e Google Play Store foram baixados mais de 1 bilhão de vezes, causando um rombo de US$ 400 milhões (R$ 2,2 bilhões) aos usuários. k

Fleeceware é um termo desenvolvido pela empresa de cibersegurança Sophos para qualificar aplicativos de celulares Android e iPhone (iOS) que atraem usuários com testes gratuitos, mas contam com taxas de assinatura excessivas.