Cornélio Procópio alcança a triste marca de 81 pessoas mortas pela Covid-19. Só nesta segunda-feira, foram 5 registros

8 meses após primeira morte pela doença, cidade conta a 81ª vida perdida durante a pandemia

Ataíde Cuqui

O caminhoneiro Fábio Sanches é uma das vítimas da doença

Oito meses após registrar a primeira morte  pela Covid-19 em Cornélio Procópio, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) registrou nesta segunda-feira (29), a morte de número 81. Nas últimas 24 horas foram confirmados mais 05 óbitos pela doença e outros 26 novos casos que também entraram para a estatística oficial, totalizando 3.781 infectados pelo novo Coronavírus, desde o início da pandemia.

Os registros de mortes por Covid-19 no município praticamente seguem os números da média nacional,  com aumento substancial nos últimos meses. De janeiro até agora, o número óbitos pela doença já chegou aos 51, contra 30 registrados no ano passado quando começou a pandemia. Uma das vítimas foi o conhecido caminhoneiro Fábio Sanches que morreu no domingo, aos 41 anos.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado no começo da tarde desta segunda-feira pela SMS, há 3.781 casos confirmados com a doença e outros 70 sob investigação. 24 pessoas encontram-se internadas no município, 07 em UTIs e o restante em enfermarias. 1.142 pessoas seguem em sistema de monitoramento e 69 estão em isolamento domiciliar.